Universidade apresenta “Porto de Virtudes”

Distinguido com um dos dez Prémios de Inovação Pedagógica U.Porto 2017, o projeto “Porto de Virtudes” vai ser apresentado no próximo dia 29 de junho, envolve 22 estudantes e tem dois objetivos principais: a aprendizagem de um processo de investigação sobre uma paisagem histórica urbana e a criação de um programa cultural.

Com visitas temáticas, workshops artísticos (inscrições gratuitas e limitadas às vagas existentes) e uma exposição que depois de inaugurada, nos jardins da Cooperativa Arvore, ficará disponível na plataforma Google Arts & Culture, o “Porto de Virtudes” irá proporcionar um conjunto de visitas temáticas, a decorrer entre os dias 29 de junho e 1 de julho, que pretendem dar a conhecer esta paisagem histórica urbana.

O Passeio, o jardim, as habitações, a malha urbana e todos os equipamentos que o integram fazem das Virtudes um espaço de interesse patrimonial. Dominado, no século XVIII, por uma quinta periurbana, o Lugar das Virtudes foi alvo de um conjunto de transformações, na passagem para o século seguinte, nomeadamente a criação de um passeio público e a consolidação da frente urbana. Uma parte dos terrenos da quinta deu lugar a um horto, que se manteve até ao século XX, sendo posteriormente transformado em jardim público pela Câmara Municipal do Porto. O Passeio das Virtudes é o único espaço verde da área classificada como Património Mundial.

O projeto, desenvolvido no âmbito do Mestrado em História da Arte, Património e Cultura Visual da Faculdade de Letras da U.Porto, é coordenado pela FLUP, conta com a colaboração do CITCEM, da Árvore – Cooperativa de Atividades Artísticas, da Câmara Municipal do Porto e da U.Porto.

A apresentação do “Porto de Virtudes” terá lugar na Árvore – Cooperativa de Atividades Artísticas, à Rua Azevedo de Albuquerque, no Porto, dia 29 de junho, às 18h30 e contará com as presenças do Presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, do Reitor da U.Porto, Sebastião Feyo de Azevedo, dos vice-reitores Fátima Marinho e Pedro Teixeira e do pró-reitor Fernando Remião.

A participação nas visitas é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia obrigatória no respetivo formulário online.