Reitoria recebe relato de uma volta ao mundo em família

Pãe, mãe e filha viajaram à volta do mundo durante 10 meses (foto: Diário da Pikitim)

O jornalista e fotógrafo Filipe Morato Gomes vai estar, no próximo dia 6 de dezembro, pelas 21h30, no Salão Nobre da Universidade (na Reitoria) , para falar sobre a sua paixão por viagens, enquanto lazer e enquanto profissão. Acompanhado pela sua família, a aventura realizada a três terá lugar especial nesta conversa.

Durante os primeiros dez meses de 2012, Filipe Morato Gomes empreendeu uma viagem à volta do mundo, em família. A experiência, que deu origem ao projeto “Diário da Pikitim“, partiu de uma ideia simples: viajar a três, em família, com uma criança. Nas suas palavras, pretendiam “mostrar à nossa filha, quase a fazer cinco anos, que habitamos numa pequena gota de um grande oceano chamado Terra.”

É então “essa enriquecedora experiência de ver o mundo através do olhar de uma criança” que poderá ser revivida numa tertúlia aberta a toda a comunidade e que, tendo o Oceano Pacífico como referencial, vai viajar por destinos tão distintos como a Tailândia, a Indonésia, a Austrália, as ilhas Fiji ou a costa oeste do Canadá.. “Ou, se preferirem, é um pretexto para um serão bem passado olhando as belezas da Nova Zelândia, o exotismo do sudoeste asiático, o calor das ilhas do Pacífico ou o lado natural dos Estados Unidos da América”, lê-se no convite do evento.

Sobre Filipe Morato Gomes

Filipe Morato Gomes é o fundador e atual editor de “Alma de Viajante“. Nasceu no Porto e costuma definir-se num ponto de intersecção entre o “jornalista e fotógrafo de viagens, designer gráfico, programador informático e viajante profissional”. Colabora com a agência de viagens Nomad, liderando viagens de aventura para locais como a Mongólia e o Irão. É apaixonado por fotografia, design e publicidade. Em 2004/2005, deu uma volta ao mundo com 14 meses de duração, que deu origem ao livro “Alma de Viajante”.