Investigador do INESC TEC e docente da U.Porto vence “Óscar” da Engenharia

Para Vladimiro Miranda,“este prémio confirma o reconhecimento internacional da liderança tecnológica de Portugal nas renováveis".

O IEEE, organização técnica e científica de engenheiros nº1 no mundo, decidiu atribuir o IEEE Power & Energy Society Ramakumar Family Renewable Energy Excellence Award 2012 ao português Vladimiro Miranda. Aos 58 anos, o investigador e diretor do INESC TEC e Professor Catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) vê assim reconhecida internacionalmente a sua contribuição para a integração de fontes de energia renovável – em particular energia eólica – em larga escala nos sistemas elétricos tradicionais através de técnicas de inteligência computacional.

Segundo Vladimiro Miranda,“este prémio confirma o reconhecimento internacional da liderança tecnológica de Portugal nas renováveis. O vento, por exemplo, representa mais de 20% da energia produzida em Portugal entre janeiro e março de 2013, e o país não colapsou, o que comprova que existe capacidade tecnológica nesta área”.

O investigador concilia atualmente as atividades de investigação e ensino com a presidência do INESC P&D Brasil, onde tem procurado promover a transferência de tecnologia portuguesa, nomeadamente elétrica, para o país irmão. Entre outras ações, o INESC TEC já vendeu um submarino-robô para o Brasil, para inspecionar a barragem do Lajeado, e levou a cabo um inventário dos recursos renováveis no estado do Rio de Janeiro.

As contribuições pioneiras de Vladimiro Miranda para a massificação da integração das renováveis através da inteligência computacional têm reflexos da indústria até à academia. O português participou em estudos para avaliação dos recursos eólicos e solar fotovoltaicos em Cabo Verde e Espanha e desenvolveu modelos para previsão de vento para o Argonne National Laboratory, da rede de Laboratórios do Departamento de Energia do Governo norte-americano. A atividade de I&D desenvolvida por Vladimiro Miranda mudou o rumo da investigação sobre os problemas dos sistemas elétricos, incluindo renováveis, e também influenciou programas de ensino nacionais e internacionais nesta área.

Sobre Vladimiro Miranda

Vladimiro Miranda é Fellow do IEEE e autor de mais de 200 publicações. Orientou, coorientou ou cooperou na orientação de numerosas teses de doutoramento e mestrado em temas de energia com alunos de diversas regiões do mundo e em universidades em Portugal, Argentina, Bósnia, Brasil, China, Equador, Noruega ou Suécia.

O professor e investigador da U.Porto tem também servido de consultor e avaliador de projetos na área de energia em Portugal, África do Sul, Argentina, Croácia ou Noruega, para os respetivos governos ou sistemas de supervisão do sistema científico universitário. É ou foi membro da comissão organizadora de vários congressos internacionais importantes na área de sistemas de energia como PMAPS, ISAP e IEEE PowerTech e preside, desde 1991, aos Encontros Luso-Afro-Brasileiros para a Energia (ELAB).