FCNAUP lidera estudo sobre a alimentação dos idosos em Portugal

idososMelhorar o conhecimento sobre o estado nutricional da população portuguesa com mais de 65 anos e, desta forma, ajudar os profissionais de saúde a lidar com os problemas nutricionais específicos dessa população. São esses os objetivos do Projeto Nutrition UP 65, uma iniciativa da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP) que ao longo dos próximos meses vai permitir avaliar o estado nutricional de 1500 idosos em Portugal.

Para a coordenadora do projeto e professora da FCNAUP, Teresa Amaral, “a necessidade deste estudo vem do facto de não existirem dados consistentes sobre o estado nutricional das pessoas idosas em Portugal que nos permitam conhecer a realidade”. Nesse sentido, “é urgente aumentar o nosso conhecimento sobre o estado nutricional das pessoas idosas e, ao mesmo tempo, usar esse conhecimento para formar profissionais de saúde mais capazes de enfrentar o desafio colocado pelo envelhecimento da população”, acrescenta.

A recolha de dados arrancou em dezembro em Portugal Continental e estender-se-á para as Regiões Autónomas ao longo do próximo ano. A avaliação do estado nutricional incide sobre aspetos de saúde relacionados com a alimentação dos idosos, como a obesidade, desnutrição, sarcopenia, vitamina D e hidratação.

Ainda no âmbito do Projeto Nutrition UP 65 será disponibilizada formação creditada a profissionais de saúde sobre a nutrição de pessoas idosas, estando ainda prevista a criação de uma rede de voluntários entre estudantes e recém-licenciados da FCNAUP para administrar formação a pessoas idosas, aos seus cuidadores e a preparadores de alimentos.

O Projeto Nutrition UP 65 é financiado por fundos EEA Grants, da Noruega, Islândia e Liechtenstein, no âmbito do Programa Iniciativas em Saúde Pública, coordenado em Portugal pela Administração Central do Sistema de Saúde.