Estudante da U.Porto leva “3 horas para amar” aos Estados Unidos

O documentário que Patricia Nogueria vai levar a Austin reflete o Regime de Visitas Íntimas em vigor em alguns estabelecimentos prisionais em Portugal. (Foto: DR)

Jornalista, investigadora e realizadora de cinema. Tudo isto cabe em Patrícia Nogueira, estudante da Universidade do Porto no âmbito do Programa Doutoral em Media Digitais UT Austin – Portugal, que se prepara para viajar até aos Estado Unidos para apresentar o seu mais recente documentário, intitulado “3 horas para amar”, no Festival Internacional Cine las Americas.

A frequentar o primeiro ano do programa lecionado pela U.Porto e pela Universidade Nova de Lisboa, em colaboração com a Universidade do Texas em Austin, Patrícia Nogueira avalia o doutoramento como uma “experiência que tem trazido conhecimentos mais tecnológicos, que me tem feito pensar as tecnologias e a forma como a sociedade responde, se apropria e se deixa envolver nas Novas Tecnologias”. Uma experiência que terá a sua expressão máxima durante a passagem pela Universidade de Austin, no Texas,  agendada para a semana de 21 a 28 de abril, momento em que Patrícia vai reunir com professores da universidade para discutir a proposta de tese. É, também, nesse período que vai apresentar o documentário no Festival Internacional Cine las Americas.

Em “3 horas para amar”,  a estudante/realizadora reflete a sexualidade e as emoções femininas, tendo como pano de fundo o Regime de Visitas Íntimas em vigor em alguns estabelecimentos prisionais em Portugal desde 2008. Para o concretizar, acompanhou durante seis meses o dia-a-dia de quatro reclusas no Estabelecimento Prisional Especial de Santa Cruz do Bispo. O filme, realizado no âmbito da tese de mestrado em Comunicação Audiovisual, especialização em Cinema Documental, da Escola Superior de Música Artes e Espectáculo (IPP) já venceu os Encontros de Cinema de Viana do Castelo no ano passado e foi selecionado para o Doc Lisboa.

Patrícia Nogueira frequenta o primeiro ano do Programa Doutoral em Media Digitais proposto conjuntamente pela U.Porto e a UNL em colaboração com a Universidade do Texas em Austin.

Patrícia Nogueira terminou a licenciatura em Comunicação Social (com especialização em televisão) na Escola Superior de Jornalismo do Porto, em 2003.  Após dois anos de mestrado na ESMAE, concluído em 2012, encontra-se  a frequentar o primeiro dos quatro anos (um curricular e três para a componente de investigação) do Programa doutoral em Media Digitais,  especialização em Criação Audiovisual e Media Interactivos UT Austin – Portugal, da Universidade do Porto.

Com experiência profissional como Docente do Mestrado de Tecnologias de Informação, Comunicação e Multimédia do Instituto Superior da Maia (ISMAI), foi também jornalista e correspondente da SIC nos distritos da Guarda e Castelo Branco entre 2004 e 2013.