Portugal na Grande Guerra revisitado em exposição na U.Porto

Exposição reúne imagens inéditas que retratam a fase final da presença militar portuguesa em França. (Foto: DR)

A Galeria dos Leões, no edifício da Reitoria da Universidade do Porto, acolhe de 2 a 10 de março a exposição “O Regimento de Infantaria 23 na Flandres e a Chama da Pátria”.

Esta exposição constitui um recorte de imagens inéditas da autoria do 2.º sargento Abraão Coelho, fotógrafo do Regimento de Infantaria Vinte e Três, correspondendo à fase final da presença militar portuguesa em França, durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Imagens que retratam o percurso desta Unidade de Infantaria do Corpo Expedicionário Português (CEP), que integrou os principais memorialistas portugueses da Grande Guerra, nomeadamente o capitão André Brun, o capitão-médico Jaime Cortesão, o capitão Augusto Casimiro e o capitão Américo Olavo.

A exposição vai ser inaugurada às 17h30 do dia 2 de março. Após este momento inaugural, “O Regimento de Infantaria 23 na Flandres e a Chama da Pátria” estará patente ao público até ao dia 10 de março, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, de segunda-feira a sábado.

A entrada é livre.

Mais informações aqui.