Diretor da FFUP recebe o mais destacado prémio de Química em Portugal

Duas gerações de químicos e de professores da FFUP: José Costa Lima e António Ferreira da Silva.

José Costa Lima, professor e atual Diretor da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP), é o vencedor do Prémio Ferreira da Silva 2012, atribuído, em ex aequo, pela Sociedade Portuguesa de Química (SPQ).

Atribuído bienalmente a um químico português que, pela obra científica produzida em Portugal, tenha contribuído significativamente para o avanço da Química, o Prémio Ferreira da Silva vem reconhecer o trabalho de Costa Lima na investigação científica nas áreas da Química Analítica, Química Ambiental, Química Alimentar, Bioquímica e Electroquímica. Uma obra consubstanciada na autoria/co-autoria de mais de 420 artigos em revistas científicas internacionais.

A atribuição do prémio a José Costa Lima tem um significado simbólico, por se tratar de um galardão que homenageia António Ferreira da Silva. Figura ilustre do estudo da Química em Portugal no início do século XX, foi também ele professor da FFUP, bem como diretor da Faculdade de Ciências da U.Porto (FCUP).

José Luís Fontes da Costa Lima é professor catedrático e responsável  do Laboratório de Química Aplicada da FFUP, instituição que dirige desde 2010. Os seus trabalhos de maior impacto na comunidade científica versam sobre a automatização de análises químicas e bioquímicas, tendo criado novos conceitos nesta área através da introdução de elementos de multi-comutação em redes de fluxo.

Além da elevada produção científica, José Costa Lima está ligado à criação de uma verdadeira escola de Química Analítica, baseada na formação de mais de 40 doutores ao longo dos últimos 25 anos. Em 2008, já tinha sido galardoado com o FIA Honor Award for Science, atribuído pela Associação Japonesa de Flow Injection Analysis, e é desde 2005 membro da Academia Brasileira de Ciências.