U.Porto recebe exemplar único da Constituição Portuguesa

A sessão de entrega da obra contou com a presença de António Tavares, Provedor da Misericórdia do Porto e José Marques dos Santos, Reitor da U.Porto.

A Universidade do Porto recebeu, no dia 14 de março, um exemplar da Constituição da República Portuguesa em Braille. A obra foi entregue pela Santa Casa da Misericórdia do Porto.

O reconhecimento do trabalho desenvolvido pela U.Porto através do seu Serviço de Apoio ao Estudante com Deficiência (SAED) foi um dos motivos que levou a Misericórdia do Porto – uma das poucas que ainda editam publicações em Braille – a deixar a obra à guarda da Universidade. A sessão teve lugar na Sala do Conselho do Edifício Histórico da Universidade e contou com a presença de António Tavares, Provedor da Misericórdia do Porto e José Marques dos Santos, Reitor da U.Porto.

A Constituição da República Portuguesa em Braille vai estar patente na Biblioteca da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP). Além do exemplar entregue à U.Porto, um outro exemplar será entregue , posteriormente, à Assembleia da República.

A comemorar, este ano, 515 anos de existência, a Santa Casa da Misericórdia do Porto fundou a Imprensa Braille em 1956. O Centro Professor Albuquerque e Castro tem como objetivo produzir livros, publicações e outros materiais em Braille, de forma a tornar acessível a informação, cultura e literacia às pessoas cegas.