Trienal de Arquitectura de Lisboa distingue estudantes da FAUP

O projecto vencedor intitula-se 'A terceira água' da autoria de Flora di Martino, Pedro Costa, Rita Martins e Saule Grybenaite, estudantes da FAUP (Foto: DR)

O projeto vencedor intitula-se ‘A terceira água’ da autoria de Flora di Martino, Rita Martins e Saule Grybenaite, estudantes da FAUP (Foto: DR)

O projeto ‘A terceira água – Revelando a Paisagem’ da autoria de Flora di Martino, Rita Martins e Saule Grybenaite, estudantes do Mestrado Integrado em Arquitectura da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP), venceu a edição 2016 do Concurso Prémio Universidades Trienal de Lisboa Millennium BCP.

A 4ª edição do Concurso, com curadoria de Marta Labastida e Rui Mendes, lançou um exercício de reflexão a 18 escolas de arquitetura de norte a sul do país tendo o território de Sines como ponto de partida. Ao todo, foram apresentados 56 trabalhos a concurso.

Numa análise ao projeto dos estudantes da FAUP, que contou com a orientação dos docentes Rui Mealha, Luís Pedro Silva, Nuno Travasso e Teresa Calix, o Júri revelou tratar-se de “uma proposta surpreendente, capaz de elevar a forma de discussão e debate das principais questões territoriais” e “que expande o campo de atuação da profissão e, com isso, demonstra também a vitalidade da cultura arquitetónica e sua capacidade de responder aos desafios do presente”.

Foram também atribuídas duas menções honrosas aos projetos ‘De Encontro ao Mar’ (da autoria de Carolina Dias e Cristina Silva, da Escola de Artes, Universidade de Évora) e ‘Atlas de Sines’ (da autoria de Anna Vlla, Beatriz Morgado, Constança Lino, João Costa, Luca Salermo, Marco Meggiato, Marina Vismara, Paulo César e Vera Cunha, da Universidade Autónoma de Lisboa).

O Júri foi constituído por André Tavares (Curador geral, com Diogo Seixas Lopes, da 4.ª edição da Trienal de Arquitectura de Lisboa), José Carlos Varela Lima (Arquiteto em representação da Administração do Porto de Sines), Marta Labastida (Comissária do Concurso Universidades), Nuno Mascarenhas (Presidente da Câmara Municipal de Sines), Paulo David (Arquiteto convidado em representação da Trienal de Lisboa e do Millennium bcp), Ricardo Pereira (Arquiteto em representação da Câmara Municipal de Sines) e Rui Mendes (Comissário do Concurso Universidades).

Este concurso dará origem a uma das exposições nucleares do programa The Form of Form, intitulada ‘Sines: Logística à Beira-Mar’ que mostrará, para além do trabalho premiado, também a proposta ‘Articular Dinâmicas – Sistemas relacionais de análise e intervenção’ dos estudantes da FAUP Alexandra Salgado, António Ventura, Daniel Ferreira, Filipa Russel Alves, Jorge Alves, orientada pelos Professores Nuno Travasso, Teresa Calix, Luís Pedro Silva, Rui Mealha. A exposição ‘Sines: Logística à Beira-Mar’ vai apresentar uma seleção de 20 propostas das 56 candidatas à edição deste ano do Concurso.

Sob o título ‘The Form of Form’, a próxima edição da Trienal de Lisboa conta com a curadoria de André Tavares e Diogo Seixas Lopes (1972-2016) e acontece de 5 de 0utubro a 11 de dezembro de 2016. Recorde-se que a Exposição ‘A Forma da Forma‘, mostra central da edição 2016 da Trienal de Arquitectura de Lisboa, vai contar com projeto expositivo da autoria dos arquitetos Nuno Brandão Costa (Brandão Costa Arquitectos), Professor Auxiliar da FAUP, Kersten Geers (BE | Office KGDVS) e Mark Lee (US | Johnston Marklee).

Mais informações aqui e em www.trienaldelisboa.com.