Sociedade Portuguesa de Microscopia celebra 50 anos no ICBAS

MicroscopiaFlurescente_300x200O Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto (ICBAS) vai acolher, nos dias 29 e 30 de junho, a 50.ª reunião anual da Sociedade Portuguesa de Microscopia, cujo tema principal será à Microscopia e Microanálise em Ciências da Vida e dos Materiais.

Fundada em 1966, a Sociedade Portuguesa de Microscopia Eletrónica foi constituída por um grupo de pioneiros da microscopia eletrónica em Portugal, tendo por objetivo promover o desenvolvimento da investigação numa área que na época correspondia a uma tecnologia inovadora. Nessa época, a microscopia eletrónica de transmissão abria novos horizontes à investigação em diversos domínios, destacando-se as suas aplicações no estudo da ultraestrutura celular.

Entre os fundadores da sociedade destacam-se os nomes de José David Ferreira, Manuel Teixeira da Silva, Miguel Mota, António Coimbra e Manuel Magalhães, os quais viriam a desenvolver notáveis carreiras científicas.

Desde a sua fundação, há 50 anos, a sociedade tem promovido reuniões científicas anuais, nas quais são apresentados e discutidos trabalhos desenvolvidas nas nossas universidades e centros de investigação. De modo a acompanhar a evolução científica e tecnológica, a sociedade alterou o nome original sendo atualmente designada por Sociedade Portuguesa de Microscopia (SPMicros), compreendendo as secções de ciências da vida e de ciências dos materiais. Esta alteração de designação e estrutura permitiu alargar o âmbito da sociedade, de maneira a abranger as diversas aplicações da enorme variedade de técnicas e equipamentos atualmente disponíveis no campo da microscopia para o estudo de células, tecidos e materiais.

A edição deste ano vai contar com um painel de oradores de entre os quais se destacam os nomes dos investigadores Susan Cox (King’s College London, Reino Unido) e Paulo Ferreira (University of Texas at Austin, EUA).

Mais informações em http://50yearsspmicros.webnode.pt/.