Senado da Universidade do Porto está completo

O Senado é um órgão consultivo ao qual cabe, por exemplo, pronunciar-se sobre a criação ou extinção de Unidades Orgânicas e de cursos na U.Porto.

Já são conhecidos os nomes dos novos representantes dos estudantes e dos colaboradores não docentes e não investigadores no Senado da Universidade do Porto, um dos mais antigos órgãos governativos da dentro da estrutura governativa da instituição.

Na eleição para os estudantes, realizada no passado dia 31 de outubro, os eleitos por Colégio Eleitoral foram Henrique Barrilaro Ruas Pinto Moreira (ICBAS-UP), Ivo Marcelo Pereira Reis (FCUP), João Domingos Afonso Anes (FEUP), José Miguel Coelho Lobo Barbosa (FMUP) e Pedro Miguel Ribeiro Pereira. Como suplentes ficaram  Renato Lopes Gil (FFUP), Ana Margarida da Silva Cardoso Lopes (FCNAUP) e Sílvia Margarida da Silva Gonçalves (FPCEUP).

Já nas eleições para os representantes não docentes e não investigadores da U.Porto, as eleitas foram Rosa Maria de Sousa Moreira Barros (FCNAUP) e Ana Maria Ribeiro Nogueira (Reitoria). Os suplentes são Maria Alice de Mouta Ribeiro (Reitoria) e José Miguel Fernandes de Magalhães (FEP).

O Senado da U.Porto é composto por inerência pelo Reitor da universidade, um vice-reitor e os diretores das unidades orgânicas. Integram-no ainda, por via de eleições, cinco representantes dos docentes e investigadores da universidade, cinco representantes das unidades de investigação, cinco representantes dos estudantes e dois representantes dos não docentes e não investigadores.

A este órgão de governo cabe, entre outras competências, pronunciar-se sobre as propostas de criação ou extinção de Unidades Orgânicas e de cursos; pronunciar-se sobre o plano estratégico da Universidade; dar parecer sobre a concessão de títulos ou distinções honoríficas; dar parecer sobre questões disciplinares graves; bem como pronunciar-se sobre assuntos que lhe sejam submetidos pelo Reitor.