Rádio Renascença domina Prémios de Ciberjornalismo 2015

Jornalismo OnlineA Rádio Renascença (RR) foi a grande vencedora da oitava edição dos Prémios de Ciberjornalismo, uma iniciativa do Observatório de Ciberjornalismo (ObCiber) da Universidade do Porto que distingue anualmente o que de melhor é produzido em Portugal na área do ciberjornalismo.

Dos três prémios – em cinco possíveis –  conquistados pela Renascença, destaca-se o prémio Excelência Geral em Ciberjornalismo. É a quinta vez que o galardão principal é ganho pelo meio do grupo r/com, que levou também para casa os prémios de Videojornalismo Online, com “O extraordinário mundo de Irina”, e Última Hora, com “Ataque contra jornal faz pelo menos 12 mortos em França”.

Na categoria Reportagem Multimédia, a escolha do júri recaiu sobre o  trabalho do Expresso, “Matar e Morrer por Alá”. Já o galardão para a melhor Infografia foi arrebatado pelo Público, com “VIH: O vírus que apareceu em Kinshasa em 1920 e alastrou para o mundo inteiro”.

Na categoria Ciberjornalismo Académico, o vencedor foi o ComUM, cibermeio da Universidade do Minho, com “Por onde já não navegamos”. É a primeira vez que o prémio não é atribuído ao JornalismoPortoNet (JPN), jornal online do curso de Ciências da Comunicação da U.Porto, que mereceu ainda assim a preferência do público, com “A última memória de África”.

As restantes escolhas do público coincidiram com as do júri nas categorias Última Hora, Reportagem Multimédia e Infografia. Na categoria Excelência Geral em Ciberjornalismo a escolha recaiu no Observador, e a de Videojornalismo Online na RR, com“Vida de Faroleiro”.

Os Prémios de Ciberjornalismo 2015 foram entregues durante  as III Jornadas do Observatório de Ciberjornalismo (ObCiber), que decorreram a 4 de dezembro, no Polo de Ciências da Comunicação da universidade do Porto.