Projeto SPRINT traz para a FLUP o primeiro financiamento do Horizonte 2020

_Foto_Sigarra_SPRINT

Alexandra Lopes, líder da equipa da U.Porto que participa no projeto SPRINT,

O projeto SPRINT – Social Protection Innovative Investment in Long Term Care, apresentado por um consórcio internacional onde a U.Porto participa com uma equipa liderada por Alexandra Lopes, professora da Faculdade de Letras e investigadora do Instituto de Sociologia, foi aprovado para financiamento, trazendo para a FLUP o primeiro projeto no âmbito do Horizonte 2020. Na equipa de investigação integra-se, ainda, Isabel Dias, professora e subdiretora da FLUP e, igualmente, investigadora do Instituto de Sociologia.

A coordenadora da equipa portuguesa, Alexandra Lopes, explica que SPRINT procurará aplicar o programa detalhado da grelha do investimento social ao domínio dos sistemas de prestação de cuidados de longa duração a idosos frágeis e dependentes, contribuindo para o desenvolvimento de instrumentos que permitam enfrentar aquele que é um dos maiores desafios que se coloca, de forma transversal, a toda a Europa: o envelhecimento demográfico.

SPRINT foi aprovado para financiamento no âmbito da Call H2020-EURO-SOCIETY-2014 e irá desenrolar-se durante os próximos 3 anos, numa parceria alargada onde se incluem 12 instituições de 12 países europeus diferentes, lideradas pela Universidade de Warwick, no Reino Unido.