O Politicamente (In)Correto em debate na Faculdade de Letras

Luiz Humberto Marcos, Diretor do Museu Nacional da Imprensae do PortoCartoon, será um dos participantes no debate. (Foto: JPN)

Politicamente (In)Correto vai ser o tema da próxima edição do Forum Demos, iniciativa que chega no dia 5 de março, à Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP).

Num tempo em que “algumas vozes têm-se levantado contra o que consideram ser os excessos ou mesmo a ‘ditadura’ daquilo a que chamam o “politicamente correto”, este debate, organizado em colaboração com o Centre for English, Translation and Anglo-American Studies (CETAPS)  – Polo da FLUP, propõe-se a refletir  sobre “os limites daquilo que é ou não aceitável no quadro de sociedades democráticas e liberais”.

“Em todas as democracias civilizadas, tem havido um esforço de adaptação das práticas, dos costumes e da linguagem, de forma a torná-las menos preconceituosas, menos ofensivas e mais acolhedoras da diversidade. Mas o assunto torna-se polémico quando toca em questões como as dos limites do humor (basta que nos recordemos dos ataques ao Charlie Hebdo), ou da reformulação dos curricula de ensino para se tentar extirpar tudo o que possa ser eventualmente considerado ofensivo (mesmo que isso inclua obras de grandes autores de referência, como Sófocles ou Shakespeare)”, lança a organização.

Viveremos então “numa sociedade demasiado controlada em que se perde liberdade de expressão? Ou será que, pelo contrário, grande parte dos críticos do ‘politicamente correto’ escondem, na verdade, atitudes que são inaceitáveis em qualquer sociedade tolerante e acolhedora? E quais as consequências de tudo isto para a Universidade e a forma como o ensino é pensado, organizado e ministrado?”.

A discutir estes e outros temas estarão Luiz Humberto Marcos, Diretor do Museu Nacional da Imprensa e do PortoCartoon, e as académicas Patrícia Fernandes (Universidade da Beira Interior) e Marinela Freitas (Universidade do Porto). O painel da sessão será moderado por Gonçalo Marcelo (Universidade de Coimbra / Católica Porto).

O debate tem início às 21h00, no Anfiteatro Nobre da FLUP.

A entrada é livre, mas sujeita a inscrição prévia aqui.

Mais informações aqui.