Museu Anatómico do ICBAS inspira estudantes de Belas Artes

Os desenhos são assinados por estudantes de Desenho II das Licenciaturas em Artes Plásticas e Design de Comunicação, da Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto (FBAUP), mas a inspiração vem do Museu Anatómico Prof. Nuno Grande, situado no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS). Deste inesperado encontro nasce “O corpo transparentedesenho no Museu Anatómico: partilha e experiências pedagógicas 2017 “, exposição que estará patente de 8 de junho a 31 de agosto, na sala de exposições da Reitoria da U.Porto.

Fruto de uma parceria que junta desde há quatro anos a FBAUP e o Museu de Anatomia prof. Nuno Grande, do ICBAS, esta mostra reúne uma seleção de trabalhos realizados pelos estudantes de Belas Artes durante um trabalho de campo no Museu.  O resultado é “uma exposição em que se mostram os processos de descoberta e invenção, através dos quais cada estudante se confronta com as realidades estranhas do corpo interior, num jogo de simulações que encontra no espaço do Museu Anatómico uma metáfora epistemológica do próprio território do desenho” apresentam Sílvia Simões e Paulo Almeida, comissários do evento e professores da FBAUP.

“Recupera um espaço de transversalidade que o desenho sem­pre cultivou entre as diferentes áreas do conhecimento, como uma língua franca que revela as propriedades comuns dos fenómenos investigados, entre as artes, o design e a ciência”, acrescentam os docentes. Por outro lado, pretende-se “refletir a vontade de utilizar o desenho em territórios diferenciados dentro da própria universidade, a exposição reflete a capacidade de utilizar o desenho como um meio de informar e de ser informado por outras áreas”.

Com entrada livre, “O Corpo transparente – desenho no Museu Anatómico: partilha e experiências pedagógicas 2017” inaugura às 18h00 do dia 8 de junho. Após este momento inaugural, a exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feiraentre as 10h00 e as 18h00.

Mais informações aqui.