FPCEUP reúne escolas de referência para a educação de alunos surdos

Joaquim MelroOito anos após a aprovação da lei para regulação das Escolas de Referência para a Educação Bilingue de Alunos Surdos (EREBAS), a Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP) reuniu, entre 18 e 19 de novembro, cerca de 300 participantes no 1.º Congresso EREBAS, que teve como principal objetivo fazer um balanço da aplicação desta legislação (o Decreto-Lei 3/2008 e a Lei 21/2008).

Ao longo de dois, diversos profissionais, estudantes e público em geral, tiveram assim a oportunidade de partilhar conhecimentos e práticas desenvolvidas ao longo destes 8 anos de EREBAS. Foram identificadas distintas modalidades de interpretação e concretização da lei, encontradas diferentes soluções, e assinaladas dificuldades sentidas e situações de inexistência de regulamentação urgente e necessária.

O encontro serviu ainda para promover a reflexão conjunta que permitiu avaliar o percurso já realizado, identificar aspetos negativos e positivos, extrair conclusões finais por nível de intervenção, como modo de expressar e divulgar os resultados do Congresso e contribuir para melhorar e consolidar as práticas já desenvolvidas nas escolas.

Deste encontro vai resultar um documento abrangente com as conclusões finais do trabalho desenvolvido no Congresso e alguns contributos dos oradores, que será posteriormente encaminhado ao Ministério da Educação. Previsto está também um número especial da Revista ‘Educação Sociedade & Culturas’ que procurará reunir as conclusões do evento e alguns dos trabalhos apresentados.

Para além do trabalho desenvolvido, houve ainda espaço para um momento de Teatro Surdo no qual foi representada a peça ‘História de Jean Massieu’, sobre a vida e obra do primeiro professor surdo.