Estudantes de Arquitetura e Belas Artes recebem Prémios Viana de Lima

A cerimónia de atribuição dos Prémios decorreu a 11 de maio, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, em Esposende. (Fotos: DR)

As estudantes da Universidade do Porto Maria Mendonça, da Faculdade de Arquitectura (FAUP), e Sabina Couto, da Faculdade de Belas Artes (FBAUP), foram distinguidas com os Prémios Viana de Lima – Município de Esposende 2016/2017, destinados aos dois melhores estudantes das duas escolas de artes da U.Porto no ano letivo transato.

Maria Mendonça recebeu o Prémio de Arquitetura Sílvia Viana de LimaSabina Couto o Prémio de Pintura Alexandra Viana de Lima, cada um com o valor pecuniário de dois mil euros. De acordo com o estabelecido, as premiadas ofereceram ao Município uma obra/trabalho da sua autoria para integrar o Fundo Viana de Lima.

Mestre em Arquitectura pela FAUP (2017), Maria Mendonça vai ingressar no Doutoramento em Arquitectura no próximo ano letivo (Foto: DR)

Segundo nota publicada no site da Câmara Municipal de Esposende, as estudantes premiadas “agradeceram ao Município a atribuição do prémio e deixaram agradecimentos a todos quantos contribuíram e apoiaram o seu percurso académico”.

A cerimónia de entrega dos prémios decorreu no passado dia 11 de maio, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, em Esposende, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, do Subdiretor da FAUP, Miguel Carvalhais, de Teresa Calix, em representação do Diretor da FAUP, do Professor Jubilado da FAUP Sérgio Fernandez, e do Presidente da Ordem dos Arquitetos, José Manuel Pedreirinho.

A sessão incluiu a apresentação de um documentário sobre Viana de Lima e contou com um momento musical e declamação de poemas de Alberto Caeiro.

Sabina Couto concluiu o Mestrado em Pintura da FBAUP em 2017 com a dissertação “A Matéria como Base para a Prática Artística”. (Foto: DR)

Sobre os Prémios Viana de Lima

A atribuição dos Prémios Viana de Lima decorre de um protocolo estabelecido entre a Câmara Municipal de Esposende e a Universidade do Porto, em 2010, mediante o qual o Município assumiu a gestão da Casa das Marinhas (1954-57), da autoria do Arquiteto Esposendense Viana de Lima e propriedade da Universidade do Porto, comprometendo-se a distinguir, anualmente e durante 30 anos, com um prémio pecuniário individual de dois mil euros, os dois melhores estudantes dos cursos de Arquitetura e de Belas Artes, sendo que, findo esse prazo, o imóvel passa a ser propriedade municipal.

A “Casa Museu Viana de Lima – Casa das Marinhas” representa uma homenagem a uma das figuras mais importantes da arquitetura portuguesa e funciona, atualmente, como Casa-Museu, em resultado das obras (pintura e cobertura e na requalificação do jardim) promovidas pela Câmara de Esposende. O imóvel pode receber visitas e é especialmente procurado por escolas de arquitetura nacionais e estrangeiras, estando classificado como Monumento de Interesse Público.

Através da atribuição destes prémios, pretende-se homenagear e conservar a memória do Arquitecto Viana de Lima, enaltecendo o relevante tributo da sua obra para a história da arquitetura nacional e a cultura artística de um modo geral.

Em 2017, o Município de Esposende lançou o Roteiro de Arquitetura Modernista, que dá também visibilidade às obras de Viana de Lima, com coordenação do Arquiteto Paulo Guerreiro, responsável por a casa-museu e também pelo departamento do património cultural da autarquia.  Disponível em versão papel e também online, permitindo visitas guiadas aos projectos originais, o Roteiro destaca 18 obras realizadas por dois engenheiros (Jorge Manuel Viana e Eduardo Martins) e 12 arquitetos (Alcino Soutinho, Alfredo Magalhães, Arménio Losa, Fernando Távora, Júlio Oliveira, Octávio Lixa Felgueiras, Pádua Ramos e José Carlos loureiro, Rogério Martins e João Andresen, Sérgio Fernandez e Viana de Lima).

Mais informações em www.municipio.esposende.pt