Doadores do corpo à Ciência homenageados pela Faculdade de Medicina

Iniciativa vai prestar homenagem não só àqueles que doaram, mas também aos doadores que estão vivos e às suas famílias. (Fotos: FMUP)

A Faculdade de Medicina Universidade do Porto (FMUP) e a Câmara Municipal do Porto vão homenagear todos aqueles que entregam o seu corpo à ciência. A sessão – agendada para a próxima sexta-feira, 23 de novembro, às 15h30, no cemitério de Agramonte – tem como principal missão relembrar o papel fundamental que esse ato solidário representa não só na investigação científica, mas, também, no ensino de jovens médicos.

“Somos todos parecidos, mas não somos todos iguais. Ensinar estudantes em pessoas reais e não em modelos é uma benesse enorme que só é possível graças ao ato de extremo altruísmo daqueles que optam por doar o seu corpo para investigação científica.”, explica Dulce Madeira, coordenadora da Unidade de Anatomia da FMUP.

“Esta sessão quer, acima de tudo, prestar homenagem não só àqueles que doaram, mas também aos doadores que estão vivos e às suas famílias – que são uma peça fundamental de todo este processo”, acrescenta a catedrática da FMUP responsável pela implementação da iniciativa.

A cerimónia de homenagem contará com intervenções de Altamiro Costa-Pereira, diretor da FMUP, Filipe Araújo, Vice-Presidente da Câmara Municipal Porto, José Pedro Azevedo, da Pastoral Universitária, Paula Rebelo, em representação dos doadores, e João Fernandes, em representação dos estudantes da FMUP.

A sessão contará ainda com dois momentos musicais assegurados pelo Grupo de Fados de Medicina do Porto e por Diogo Bento, estudante do primeiro ano do Mestrado Integrado em Medicina.

Aberta a toda a comunidade académica, a cerimónia de homenagem está agendada para as 15h30, no Cemitério de Agramontelocal onde repousam as cinzas dos doadores quando terminado o processo de investigação.