Conferência Marques da Silva revisita obra dos irmãos Rebelo de Andrade

Luís Soares Carneiro

Luís Soares Carneiro é arquiteto e Professor Associado na Faculdade de Arquitetura da U.Porto. (Foto: DR)

A Fundação Marques da Silva (FIMS), em parceria com a Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP), promove no próximo dia 21 de outubro mais uma edição das Conferências Marques da Silva, este ano dedicada ao tema Casas Ermas. A arquitetura dos irmãos Rebelo de Andrade e os discursos do moderno.

Agendada para as 18h30, no Auditório Fernando Távora da FAUP, a Conferências Marques da Silva 2015 tem como conferencista convidado o Arquiteto Luís Soares Carneiro, professor na FAUP e autor da monografia A Estranheza da Estípite. Marques da Silva e o(s) Teatro(s) de S. João, publicada pela FIMS. “Nela será abordada a obra de dois arquitetos [Guilherme e Carlos Rebelo de Andrade] que, embora muito ativos na primeira metade do século XX, foram depois esquecidos e apagados dos livros de arquitetura por uma historiografia parcial”, antecipa a Fundação.

Inserida na programação da ARQ OUT | Mês da Arquitectura 2015, a sessão contará ainda com a presença da Presidente do Conselho de Administração da FIMS, Maria de Fátima Marinho, e do Diretor da FAUP, Carlos Guimarães.

A entrada é livre.

Sobre Luís Soares Carneiro

Licenciado pela Escola Superior de Belas Artes do Porto em 1987 e doutorado pela Faculdade de Arquiteutra da U.Porto em 2003, Luís Soares Carneiro é arquiteto e Professor Associado na FAUP. Projeta, ensina, escreve, faz conferências e participa em encontros nacionais e internacionais. Trata sobretudo de temas relacionados com Teatros, Habitação Colectiva e História da Arquitetura Portuguesa.

Mais informações aqui.