Voluntariado atinge números recorde na U.Porto

Projeto de combate ao abandono escolar no Porto mobilizou mais de 200 voluntários em 2011/2012

Ao longo do ano letivo 2011/2012, 1341 pessoas, a grande maioria das quais estudantes, responderam ao desafio colocado pela Comissão de Voluntariado da U.Porto: ajudar a transformar a sociedade com ações concretas de voluntariado, que passaram desde a participação em missões humanitárias em África ou a atividades de promoção do sucesso escolar em escolas portuenses. Os números, divulgados na última edição do Dossiê de Voluntariado na U.Porto, traduzem a forte aposta feita pela Universidade nos últimos anos ao nível da promoção do Voluntariado junto da comunidade académica.

As atividades de voluntariado promovidas diretamente pela U.Porto mobilizaram um total de 233 voluntários em projetos como o Voluntariado Estudantil Tutorial, projeto de combate ao abandono escolar no ensino básico e secundário na cidade do Porto, ou na produção de informação acessível para estudantes com deficiência.

Ao nível das faculdades, o trabalho desenvolvido pelo GEV – Grupo de Estudantes Voluntários da FDUP,GIVE – Grupo de Intervenção, Voluntariado e Envolvimento (FPCEUP) e EXUP – Experience Upgrade Program (FEP) envolveu 323 pessoas, em atividades que vão desde a promoção do sucesso académico e o apoio escolar à oferta de consultoria de gestão gratuita a IPSS ou ONG’s.

No entanto, a maior fatia do voluntariado realizado na U.Porto é feita através dos grupos associados: FEP Solidária; G.A.S.Porto – Grupo de Ação Social do Porto; EPDAH – Engenharia para o Desenvolvimento e Assistência Humanitária; NASA – Núcleo de Ação Social da AEFFUP; e a VO.U. – Associação de voluntariado Universitário. No total, foram 785 voluntários a participar nos diferentes projetos dos grupos associados, incluindo a participação em missões humanitárias em Cabo Verde, Moçambique e Timor-Leste.

A pensar em todos aqueles que trabalham em prol da transformação social, este ano foi ainda criado o Prémio da Cidadania Ativa, que pretende promover a intervenção social dos estudantes da Universidade do Porto e premiar o mérito dos seus projetos extracurriculares em áreas da cidadania. O Prémio de Cidadania Ativa vai distinguir os estudantes (ou antigos estudantes que tenham terminado a sua formação no ano anterior ao da atribuição do prémio) por projetos que empreendam, em quatro diferentes vetores de cidadania: a solidariedade; o empreendedorismo; a pedagogia e na promoção do desporto ou ambiente.

Sobre a Comissão de Voluntariado da U.Porto

A Comissão de Voluntariado da U.Porto tem como missão a promoção da participação dos membros da comunidade académica, especialmente dos estudantes, em ações concretas de voluntariado social, cultural, humanitário e educativo, reconhecendo assim o papel formativo do voluntariado para o exercício consciente da cidadania e da solidariedade social.

  • É pertinente qualquer iniciativa de cariz social, tendo em linha de conta os cortes que o estado pensa fazer nas universidades!  É preciso coragem e, amor á causa..