Coral de Letras procura novas vozes

Entre os projetos para este ano, encontra-se a gravação de um álbum comemorativo dos 50 anos do CLUP

O Coral de Letras da Universidade do Porto (CLUP) procura novos talentos e abre as suas portas a todos os membros da comunidade académica da Universidade que pretendam cultivar o seu gosto pela música.

Não se exige formação musical nem conhecimento do reportório do CLUP. A única condição é mesmo partilhar da paixão pela música e comparecer num dos ensaios do Coral, que decorrem na Faculdade de Direito da U.Porto (na Rua dos Bragas), às 21 horas de segunda, quarta e quinta-feira e às 15 horas de sábado.

Dirigido desde a sua fundação pelo maestro José Luís Borges Coelho, o CLUP é um coro amador com 46 anos de atividade e premiado em vários festivais nacionais e internacionais: mais recentemente, obteve medalhas de ouro e prata no Festival Coral Internacional, em Lisboa.

A última gravação do CLUP, “Uma antologia (im)possível”, com orquestrações de Fernando Lopes Graça de canções tradicionais portuguesas, editada no quadro das comemorações do centenário da U.Porto, é representante da centralidade da obra de Lopes Graça no reportório do CLUP. A este, juntam-se muitos outros compositores portugueses que têm merecido a preferência do Coral, como Eurico Carrapatoso (ele próprio antigo membro do CLUP) ou Pedro do Porto. Mas obras de Mozart, Haydn, Schoenberg, Bach, Prokofiev e Beethoven são também frequentes nas atuações do grupo.