Talk a Bit: o impacto social na tecnologia

A conferência conta já com a sua quinta edição (foto: Creative Commons / Pixabay)

“Programação Robótica”, “Prevenção de fraudes com recurso a máquinas”, “Construir uma empresa tecnológica”, “Ambientes Educacionais Emergentes” e “Introdução ao UX” são alguns dos temas em discussão no próximo dia 4 de fevereiro, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), durante a quinta edição da conferência Talk a Bit.

Organizado por estudantes finalistas do Mestrado em Engenharia Informática e Computação da FEUP, este evento pretende inspirar os criadores do futuro a fazerem-no com maior responsabilidade social. Exemplo deste esforço está refletido em iniciativas como a codingforsocialimpact.org, da qual a FEUP é também parceira, e que consiste num esforço dos estudantes construírem soluções tecnológicas que cumpram inovações sociais.

O painel de oradores conta com nomes como Celso Martinho, da Bright Pixel, Hugo Menino Aguiar, da speak.social, António Moreira, da Universidade Aberta, Miguel Almeida, da Feedzai,e Margarida Carvalho, da Sonae, que vão partilhar novas tendências e tecnologias, dando um toque da sua experiência profissional. Estão também previstos alguns workshops e momentos de networking entre participantes e convidados.

A entrada na Talk a Bit é livre e gratuita, mas sujeita a inscrição prévia. Os interessados podem inscrever-se clicando aqui. Para mais informações, pode aceder ao site Talk a Bit.

 

Sobre a Talk a Bit

A Talk a Bit – talkabit.org – é uma conferência sem fins lucrativos organizada por estudantes finalistas da FEUP, onde se discutem os tópicos mais atuais relativos ao impacto social e tecnologia. Teve a sua primeira edição em 2013, onde estiveram menos de 150 participantes (sobretudo público interno da Faculdade), e, em 2016, na sua quarta edição, esse número ascendeu aos 400, englobando desde estudantes das áreas de engenharia de software a experts nos temas de tecnologia.