Recursos naturais ao serviço de Farmácia: a Geofarmácia

O local escolhido para a realização do 60º Congresso Mundial da International Pharmaceutical Student's Federation foi a Faculdade de Farmácia da U.Porto.

Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP) recebe esta quarta-feira, dia 11 de maio, o II Encontro de Geofarmácia, um evento a nível nacional que, pelo segundo ano consecutivo, vai focar-se num conceito criado e desenvolvido no Laboratório de Tecnologia Farmacêutica da FFUP.

A Geofarmácia tem como base a utilização de geo e biomateriais em Farmácia, tanto na preparação de medicamentos como em produtos cosméticos e de higiene corporal, com acentuada evolução nos últimos anos. A caraterização exaustiva dos recursos geológicos nacionais, aliada ao desenvolvimento de produtos inovadores contendo geo e biomateriais constitui uma mais-valia.

Um evento que se propõe discutir a inovação e o futuro da Geofarmácia

Um evento que se propõe discutir a inovação e o futuro da Geofarmácia

Ao longo de todo o dia, diversos profissionais e investigadores das áreas da Geologia e das Ciências Farmacêuticas apresentam trabalhos que têm desenvolvido nesta inovadora área científica. O encontro tem também como objetivos a partilha de  experiências profissionais e e a discussão de  perspetivas para a promoção de novos produtos genuínos e diferenciadores a utilizar no âmbito da Saúde e da Dermocosmética.

Presentes no evento vão estar investigadores de várias universidades do país, incluindo a Universidade do Porto, com trabalhos nesta área, bem como representantes de empresas com vincado interesse nesta área.

O II Encontro de Geofarmácia tem como destinatários estudantes, recém-licenciados, docentes e profissionais da Dermocosmética, da Farmácia e da Medicina.