Projeto da U.Porto entre as melhores ideias de negócio ibero-americanas

Spin2014_WeTruck

Miguel Sousa, um dos quatro criadores do WeTruck, e Carlos Melo Brito, Pró-Reitor da U.Porto, na cerimónia de entrega de prémios da RedEmpreendia Spin2014.

O WeTruck, projeto vencedor da edição deste ano do iUP25k – Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto, foi agora premiado na RedEmpreendia Spin2014 como um dos melhores modelos de negócio universitário da Ibero-América.

O projeto criado por quatro estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e desenvolvido com o apoio da UPIN – Universidade do Porto Inovação conquistou o segundo prémio da categoria Model2Market do evento que reuniu na Cidade do México os melhores empreendedores universitários de Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, México, Perú e Portugal.

Dos 20 projetos selecionados para a final, o WeTruck foi distinguido com a segunda posição do concurso e um prémio de 20.000 Dólares (cerca de 15.000 Euros) para apoiar a entrada no mercado do projeto.

1.º Prémio 2014: WeTruck

A equipa de criadores do WeTruck quando receberam o primeiro prémio da edição 2014 do iUP25k – Concurso de Ideias de Negócio da U.Porto.

Da autoria de Rodrigo Pires, Bruno Azevedo, Miguel Sousa e Ricardo Soares, o projeto WeTruck tem por objetivo a poupança de combustível e energia em veículos pesados de transporte de cargas refrigeradas. Para tal, a solução proposta pelos quatro empreendedores da U.Porto aproveita a energia solar e a energia cinética do veículo para produzir eletricidade suficiente para alimentar o sistema de refrigeração dos camiões-frigoríficos, reduzindo o número de horas de operação dos atuais motores diesel. O que se ganha com isto? Uma redução de 87% nos custos de combustíveis, de 30% no desgaste de travões dos veículos e uma diminuição das emissões de CO2, do ruído e dos custos de manutenção.

Para além da WeTruck, a Universidade do Porto contou com outros dois representantes na final da categoria IDEup do RedEmprendia Spin2014. Os projetos Sky Angel – Sky aid for castaways e i.nanoE – Innovative NanoEnergy Solutions foram selecionados entre cerca de 360 candidaturas para integrar o grupo de 20 finalistas que se apresentaram no México.

A RedEmprendia é a rede universitária ibero-americana que visa promover a transferência do conhecimento, o desenvolvimento tecnológico, a inovação e o empreendedorismo nas universidades, contando com o apoio da Universia – a maior rede de universidades de língua espanhola e portuguesa – e o mecenato do Banco Santander, que através da sua Divisão Global Santander Universidades apoia as atividades da RedEmprendia.