FEUP e JN levam mensagem do Presidente da República ao espaço

Elementos da equipa com Marcelo Rebelo de Sousa (Foto: DR)

 

 

Foi no passado dia 29 de maio que a equipa STRAPLEX, que inclui 17 estudantes Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), participou nas comemorações do 129º aniversário do Jornal de Notícias com o lançamento de uma cápsula instrumentada até à Estratosfera. Na cápsula foram colocadas uma cópia da primeira edição deste jornal e uma cópia da edição deste dia, bem como uma mensagem do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que participou no lançamento.

A cápsula do balão, construída em styrofoam e contendo no seu interior sistemas de telemetria e navegação, foi lançada às 14h10 e elevada por um balão de látex, cheio com hélio, cujo diâmetro no lançamento era de cerca de dois metros. Atingindo a estratosfera, a cerca de 30km de altitude, o diâmetro atingiu dez metros. Entre o balão e a cápsula foi ainda instalado um páraquedas que permitiu que no momento da aterragem a velocidade fosse inferior a 20 km/h, garantindo assim segurança tanto para a cápsula como para pessoas e bens.

O voo durou pouco mais de duas horas e foi continuamente acompanhada pela equipa STRAPLEX, sendo que a aterragem acabou por acontecer a 52,5km de distância do local de partida, perto de Parada de Ester, concelho de Castro Daire. Foi no momento de resgate do equipamento que a mensagem de Marcelo Rebelo de Sousa foi lida por David Leite, um dos estudantes da FEUP da equipa STRAPLEX.

O momento em que a cápsula foi resgatada (foto: JN Online)

Este lançamento contou com uma novidade a nível técnico: a transmissão digital de vídeo HD, que permitiu a captação, em tempo real, de imagens, a partir da Estratosfera, em alta resolução.

O Departamento de Engenharia Eletrotécnica e Computadores (DEEC) da FEUP mantém, desde 2005, um programa de realização de experiências científicas na Estratosfera, denominado por STRAPLEX (STRAtospheric PLatform Experiment), coordenado por Sérgio Cunha, professor auxiliar da FEUP. Atualmente conta com a participação de 17 estudantes da FEUP e de Zaida Silva, bolseira FEUP que tem esta atividade no seu plano de trabalhos. Este lançamento contou também com a presença de Nuno Lima, ex-estudante da FEUP e membro fundador do STRAPLEX e do Núcleo de Radioamadores da FEUP (NRA).

O programa STRAPLEX teve desde a sua génese apoio do “Education Office” da Agência Espacial Europeia, do DEEC e da Air Liquide e tem permitido que estudantes universitários e pré-universitários realizem atividades de projeto com implementação real no domínio aeroespacial. Além de dar acesso a experimentação em altitudes que superam 99% da massa da atmosfera, tem um forte cariz pedagógico. Uma das vertentes do programa STRAPLEX tem sido o apoio à participação de estudantes da FEUP em atividades da Agência Espacial Europeia, como o programa BEXUS (participação em 2016 com a experiência SIGNON), REXUS (participação em curso com a experiência SPAN) e, num futuro próximo, em programas de construção de microssatélites.