Estudantes de Medicina levam saúde ao Alto Alentejo

Iniciativa inclui rastreios cardiovasculares, um mini Hospital dos Pequeninos e ações de sensibilização no âmbito da Saúde Sexual

Iniciativa inclui rastreios cardiovasculares, um mini Hospital dos Pequeninos e ações de sensibilização no âmbito da Saúde Sexual. (Foto: Egídio Santos/U.Porto)

Mais de 50 estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) vão viajar entre os dias 8 e 11 de setembro, até Alter do Chão, no distrito de Portalegre, para realizar rastreios de diabetes, de hipertensão e de nutrição. Estas atividades dirigem-se à população em geral e têm como objetivo promover a saúde e a qualidade de vida junto daquela comunidade, através do despiste de problemas de índole cardiovascular.

Da atividade promovida pela Associação de Estudantes da FMUP (AEFMUP)  consta ainda a criação de um pequeno “Hospital dos Pequeninos”, que possibilitará às crianças com idades entre os 3 e os 5 anos dessa área geográfica o contacto com os “senhores doutores”.

“Através da montagem de um mini hospital com ambiente propício e direcionado à faixa etária em questão, pretende-se ilustrar o mundo hospitalar como uma atmosfera acolhedora baseada na solidariedade e entreajuda, que não é necessário temer”, adianta Francisco Sousa Vieira, presidente da AEFMUP.

Este ano, pela primeira vez, os estudantes da FMUP vão alargar o seu raio de ação, visitando aldeias isoladas para conversar com os seus habitantes. “Vamos promover sessões de sensibilização para as doenças sexualmente transmissíveis e formações de Suporte Básico de Vida, para os jovens de Alter do Chão”, acrescenta Maria Oliveira, estudante da FMUP e membro da organização do evento.

Intitulada “Medicina vai…”, esta iniciativa pretende “facultar diversas ações de índole médica à população que se encontra à margem dos grandes centros urbanos, onde geralmente o acesso a cuidados de saúde e ações de prevenção médica é mais reduzido”, explica a organização. “A nível pessoal, esta iniciativa é uma das que maior crescimento e valorização interior dá aos estudantes de Medicina”, atesta Francisco Sousa Vieira.

Os rastreios vão decorrer no Largo Barreto Caldeira em Alter do Chão, nos dias 9 e 10 de setembro (entre as 9h00 e as 18h). O Hospital dos Pequeninos estará sedeado no Centro Escolar no dia 9 de setembro (entre as 9h30 e as 17h00).