Porto entre as universidades mais empreendedoras do ano

EdifícioCentral@UPTEC

O ecossistema empreendedor da Universidade do Porto está em destaque na corrida aos UP Awards 2015. (Foto: UPTEC)

A Universidade do Porto surge em grande destaque nos nomeados para as diferentes categorias dos UP Awards, uma iniciativa promovida pela Portugal Startups, em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, a Microsoft e a SAGE, que pretende distinguir o que de melhor se faz em Portugal dentro do ecossistema empreendedor.

Conhecidos os nomeados das 10 categorias dos UP Awards, o destaque vai para a indigitação da U.Porto para o prémio de Universidade mais empreendedoraNa corrida estão também as universidades de Aveiro, Coimbra, Minho e o ISCTE (Instituto Universitário de Lisboa).

Já o UPTECParque de Ciência e Tecnologia da U.Porto foi nomeado como uma das incubadoras de startups do ano. Recorde-se que, em 2013, o UPTEC foi distinguido com o Prémio Europeu RegioStars 2013, na categoria de “Crescimento Inteligente” pela Comissão Europeia, e foi ainda considerado como uma das melhores incubadoras/aceleradoras da Europa nos Prémios London Web Summit People’s Choice.

A Escola de Startups do UPTEC, programa que se destina a empreendedores com projetos de negócio de base tecnológica, científica ou criativa, que desejam criar a sua própria empresa, está também entre os selecionados, desta feita como uma das aceleradoras de startups do ano.

Para além do UPTEC e da Escola de Startups, várias empresas do Parque foram nomeadas em diferentes categorias. Para o prémio de tecnologia inovadora mais promissora estão nomeadas: a Addvolt, um sistema portável e não invasivo capaz de produzir, recuperar e armazenar energia eléctrica nos veículos pesados; a HypeLabs, uma jovem startup focada no desenvolvimento de software que permite comunicações entre dispositivos móveis mesmo em situações onde não existe conectividade à internet ou qualquer outra rede externa; a JScrambler, uma startup que opera na Segurança Web, desenvolvendo  soluções inovadoras para proteção de aplicações Web, aplicações móveis e jogos; a Sphere Ultrafast Photonics, empresa dedicada ao desenho e fabrico de tecnologia laser ultra-rápida; a Streambolico, projeto que desenvolve e comercializa tecnologias de comunicação que oferecem uma melhor experiência ao utilizador na transmissão de dados em tempo real através de redes sem fios; e a Veniam Works, uma empresa que criou maior rede veicular do mundo, com a ligação entre mais de 400 autocarros da cidade do Porto, permitindo o acesso à rede WiFi a cerca de 60 mil pessoas por mês.

Na categoria de melhor startup de B2C (Business to Consumer) estão nomeadas mais duas startups incubadas no UPTEC: a ARPublisher, um projeto que cria e comercializa livros com conteúdos 3D, para visualização em smartphones e tablets, através de tecnologias de realidade aumentada; e a TOP Docs, que criou uma ferramenta de colaboração de documentos para a web e telemóveis, que permite aos utilizadores de diferentes nuvens colaborarem em documentos do MS Word, Open Office e Google Docs.

Por sua vez, entre as melhores startups de B2B (Business to Business) está a Xhockware, startup do UPTEC que criou a YouBeep, a primeira aplicação de checkout que permite efetuar o pagamento de um carrinho de compras completo em menos de um minuto, assegurando ao retalhista proteção contra roubo.

As votações decorrem online e estão abertas até ao dia 26 de outubro. Os vencedores dos UP Awards 2015 serão anunciados a 27 de novembro, em Lisboa.