Docente FEUP eleito para comissão da plataforma continental da ONU

Aldino Campos foi o candidato mais votado (foto: tsf.pt)

Aldino Campos, professor catedrático convidado do Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (DEEC) da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), foi recentemente eleito para a Comissão de Limites da Plataforma Continental da Organização das Nações Unidas (ONU).

Integrando a lista dos 20 candidatos eleitos, o docente reuniu 162 votos num total de 164 votantes, tendo sido aliás o candidato que mais votos obteve.

Esta comissão será o ponto de partida para a eleição de uma subcomissão que vai analisar a proposta de Portugal para a extensão da plataforma continental do país (entregue na ONU em 2009), criando as condições necessárias para a interação entre Portugal e a Comissão de Limites da Plataforma Continental. Aldino Campos foi um dos responsáveis pela Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental (EMEPC), que realizou trabalhos técnico-científicos para a proposta portuguesa, provando que as questões ligadas aos oceanos têm assumido uma cada vez maior importância na política externa de Portugal.

As eleições realizaram-se em Nova Iorque, no passado dia 14 de junho, na sequência de uma reunião dos Estados-integrantes da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar.

A atuação da FEUP na temática dos oceanos não termina por aqui, com especial referência à liderança levada a cabo pelo Laboratório de Sistemas e Tecnologias Subaquáticas (LSTS) nesta área, tendo sido já responsável pela conceção, construção e operação de veículos autónomos não-tripulados em colaboração com a marinha portuguesa e até com a NASA.