Dia Nacional dos Centros Históricos celebrado na U.Porto

A Reitoria da U. Porto vai ser palco de algumas iniciativas integradas no Dia Nacional dos Centros Históricos.

A Reitoria da Universidade do Porto vai abrir as suas portas no próximo dia 24 de março, como forma de celebrar o Dia Nacional dos Centros Históricos. Além de percorrer os espaços da “casa mãe” da Universidade, toda a comunidade está convidada a visitar a exposição Os Lusíadas na Figuração de Levi Guerra” e assistir a um recital de música clássica do Trio “Triarkhía”.

Na Reitoria, o Dia Nacional dos Centros Históricos é preenchido com a abertura extraordinária da exposição Os Lusíadas na Figuração de Levi Guerra”. As pinturas da autoria do médico, investigador, professor, poeta e artista plástico da Universidade do Porto vão estar em exibição entre as 10h00 e as 13h00 e entre as 14h00 e as 18h00. Tratam-se de dez quadros que representam os dez cantos d’Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões, em homenagem ao antigo professor primário de Levi Guerra.

Além disso, vai ser possível visitar as áreas nobres do Edifício Histórico da Universidade do Porto, numa visita guiada por Susana Pacheco Barros, colaboradora da Unidade de Gestão de Informação da UP Digital. Os interessados devem apresentar-se na Reitoria, pelas 10h30, sendo que não é necessária inscrição prévia.

No final do dia, às 21h00, a “festa” faz-se na Biblioteca do Fundo Antigo, palco escolhido para receber um recital de música de câmara, ao abrigo do protocolo celebrado entre a U.Porto e o Instituto Politécnico do Porto. O Trio “Triarkhía”, constituído por Tiago Moreira (violino), Fábio Pinto (violoncelo) e Inês Lopes (piano), vai executar o Trio opus 1, nº 1, de L. van Beethoven e o Trio opus 8, n°1 em dó menor, de D. Shostakovich.

O Dia Nacional dos Centros Históricos é oficialmente celebrado a 28 de março, data de nascimento de Alexandre Herculano, escritor, historiador e político defensor do património histórico de Portugal. Criado em 1993, começou a ser celebrado no Porto em 2003. Na Invicta, o dia tem por hábito juntar vários acontecimentos como visitas guiadas, exposições, debates e concertos.