Consultório de Matemática da FEUP conquista Prémio de Excelência Pedagógica

Manuel Joaquim Oliveira, professor da FEUP distinguido com o Prémio de Excelência Pedagógica da U.Porto 2018.

O “Consultório Digital de Matemática” criado por Manuel Joaquim Oliveira, professor da Faculdade de Engenharia (FEUP), foi o projeto vencedor da edição 2018 do Prémio de Excelência Pedagógica da Universidade do Porto.

O projeto foi escolhido pelo júri entre os três finalistas que se submeteram à audição pública de candidatos que decorreu durante a manhã do dia 16 de março, no Salão Nobre da Reitoria. Além de Manuel Joaquim Oliveira, também os docentes Cláudia Fernandes (FCUP) e Paulo Jorge Santos (FLUP) foram selecionados para apresentarem o seu projeto em público: “Da Sala de aula para o jardim de aula. Uma reflexão pedagógica sobre Millennials e Manutenção de Espaços Verdes” e “Ensinar a investigar em cursos de formação inicial de professores: A aprendizagem cooperativa e a aprendizagem baseada na investigação como modos de trabalho pedagógico”, respetivamente.

Ao vencedor cabe um prémio pecuniário de 1500 euros, enquanto os restantes dois projetos finalistas são alvos de uma menção honrosa no valor de 500 euros cada. Os três finalistas serão reconhecidos na sessão solene do Dia da Universidade, onde receberão o respetivo prémio da mão do Reitor da U.Porto.

Consultório Digital de Matemática: Sistema de suporte para a promoção da Aprendizagem em Engenharia” é o nome completo do projeto que valeu a Manuel Joaquim Oliveira o Prémio de Excelência Pedagógica 2018.

Criado em 2013 com o objetivo de “oferecer aos estudantes de UC’s da área de matemática da FEUP mais oportunidades de treino, esclarecimento de dúvidas e teste de conhecimentos”, o Consultório Digital de Matemática é um programa de apoio suplementar e contínuo às aulas presenciais com base em estratégias de educação à distância.

Recorrendo a plataformas de e-learning (Moodle) e a redes sociais (Facebook, Youtube e Twitter), o docente criou um sistema de apoio suplementar e contínuo ao estudante, tendo como finalidade o aumento da aprendizagem numa unidade curricular tradicionalmente difícil para os estudantes.

Cinco anos volvidos desde o arranque do projeto, os resultados parecem demonstrar a validade desta abordagem. Como o próprio autor refere, “a análise da evolução das classificações dos estudantes e do absentismo às avaliações demonstram a evidência que as estratégias utilizadas promovem o sucesso académico dos estudantes”.

Estes resultados valeram já outras distinções a Manuel Joaquim Oliveira: foi distinguido cinco vezes consecutivas com o Prémio de Reconhecimento Pedagógico da FEUP, e foi prestigiado, em 2015, com uma das duas menções honrosas do Prémio de Excelência Pedagógica da U.Porto.

Manuel Joaquim Oliveira é formado em Matemáticas Aplicadas, pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Ainda na FCUP, iniciou a atividade docente como Monitor. Transitou para a FEUP, em 1993, já como Assistente e aí realizou o doutoramento em Ciências da Engenharia: ramo matemática, tornando-se Professor Auxiliar do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais onde, atualmente, leciona unidades curriculares da área de matemática (como Álgebra, Análise Numérica, Análise Matemática e Estatística) nos primeiros anos de diversos mestrados.