CIIMAR avalia riscos ecológicos na costa portuguesa

Dados recolhidos serão fornecidos às autoridades competentes, para que possam ser usados como suporte à gestão marítima e ambiental.

Efetuar a avaliação de risco ecológico de derrames de petróleo e de substâncias perigosas e nocivas na costa Noroeste de Portugal e desenvolver novos modelos sobre a hidrodinâmica estuarina e costeira e de novas ferramentas de avaliação de risco, são os objetivos principais do projeto ECORISKEcological risk assessment of oils and hazardous and noxious substances in the NW Portuguese coast, uma iniciativa do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR).

Enquadrado no Programa Integrado de IC&DT “MARVALOR – Building research and innovation capacity for improved management and valorization of marine resources” e suportado pelo Programa Operacional Regional do Norte (ON.2) e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), este projeto visa integrar o vasto conhecimento científico e dados disponíveis sobre a zona costeira NO de Portugal com novos dados e ferramentas, incluindo modelos sobre a hidrodinâmica estuarina e costeira, ecológica, de avaliação de risco, entre outros, calibrados para a área específica de estudo. Estes dados serão posteriormente fornecidos às Autoridades competentes, para que possam ser usados como ferramentas de suporte à tomada de decisão, planeamento e gestão marítima e ambiental.

O projeto focar-se-á particularmente na avaliação de risco ecológico de derrames acidentais de petróleo e substâncias perigosas e nocivas que possam ocorrer na zona costeira NO de Portugal e nos seus estuários – principalmente nos dos rios Douro e Minho -, assim como na compilação de dados sobre a qualidade da água e estado ecológico da zona costeira NO de Portugal e dos seus estuários. Servirá ao mesmo tempo de suporte a eventuais ações de remediação de ecossistemas e locais afetados, à proteção de zonas e situações de vulnerabilidade. Estes dados contribuirão também para a Diretiva Quadro da Água (WFD) e para a Diretiva Estratégica Marinha (MSFD).

Prevista está ainda  a produção de uma base de dados sobre resíduos de substâncias químicas presentes em espécies selvagens utilizadas na alimentação humana, a qual constituirá uma valiosa ferramenta para a saúde humana e ambiental.

Através de uma abordagem multidisciplinar e integrada que envolve a participação e experiência de vários grupos de investigação do CIIMAR, o projeto prevê ainda a realização de ações de divulgação e sensibilização junto das autoridades, tecido empresarial e população residente das áreas em estudo.