Aureliano da Fonseca homenageado no seu 100.º aniversário

Coro do Orfeão Universitário do Porto

O Orfeão Universitário do Porto celebra no dia 6 de março, o seu 103.º aniversário

No próximo dia 6 de março, pelas 18h00, a Associação dos Antigos Orfeonistas da Universidade do Porto (AAOUP), o Orfeão Universitário do Porto (OUP) e a Universidade do Porto, juntam-se para uma sessão de homenagem a Aureliano da Fonseca, assinalando desta forma o 100.º aniversário do médico, antigo estudante da U.Porto e histórico membro do OUP,  autor do tema “Amores de Estudante”.

No dia em que o Orfeão Universitário celebra o seu 103.ºaniversário, vai assim recordar-se uma das figuras mais importantes do orfeonismo académico português, assim como as suas obras musicais. Com entrada livre, a sessão vai decorrer na Reitoria da Universidade do Porto e contará com diversos discursos e atuações de grupos do OUP.

“É um orgulho poder proporcionar esta homenagem a um Homem que tanto deu aos estudantes portugueses no geral e à nossa casa em particular. São casos como o do Professor Aureliano que nos motivam a viver a nossa juventude e o academismo ao máximo”, aponta Hermínio Fernandes, presidente do Orfeão Universitário do Porto.

Aureliano da Fonseca

Aureliano da Fonseca

Nascido a 25 de fevereiro de 1915, Aureliano da Fonseca licenciou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) em 1940, concluindo o doutoramento na mesma instituição em 1960. Iniciou a carreira de docente em 1950, na FMUP, tendo lecionado até ao ano de 1977. É ainda responsável pela reativação do Orfeão Universitário do Porto, em 1937, e pela composição de temas emblemáticos do universo estudantil, com destaque para “Amores de Estudante” , reconhecida como o hino dos estudantes no Porto e em todo o país.