Universidade inova na navegação por satélite

Nova aplicação permite uma localização exata em espaços interiores através do smartphone (Foto: DR)

Os “bloqueios” dos GPS em espaços interiores podem estar muito perto de ser um problema do passado. A “culpa” é do “Seamless Navigation Through Ultra Low Frequency Magnetic Field Communication (ULF-MC)”, uma solução desenvolvida por Dirk Elias, professor da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e diretor do Fraunhofer  AICOS,  e que acaba de ser distinguida com a edição 2012 do European Satellite Navigation Competition (ESNC), um concurso internacional destinado a novas ideias de negócio que envolvam navegação por satélite.

Desenvolvida em conjunto no Fraunhofer Portugal e na FEUP, esta ideia inovadora consiste num sistema de navegação inteligente que permite uma localização exata do local onde nos encontramos. Segundo Dirk Elias, a aplicação “funciona perfeitamente em smartphones “e promete ser uma “inovação dos sistemas convencionais”, como por exemplo o GPS.

Através da tecnologia ULF-MC usada neste sistema, é possível usar a aplicação em espaços fechados tais como lojas, grandes edifícios, parques de estacionamento subterrâneos e túneis. A tecnologia pode ainda ser aplicada na otimização de sistemas de localização destinados a cegos e a outras pessoas com necessidades especiais.

A nova aplicação, que já foi alvo de vário testes e se encontra em processo de patenteação na Europa e nos Estados Unidos, começou por conquistar o primeiro lugar na categoria regional do ESNC, ao qual concorreram 10 ideias portuguesas. Na fase final do concurso, o projeto de Dirk Elias acabou por se impor  aos restantes vencedores regionais dos países concorrentes., arrecadando para Portugal o grande prémio internacional –  o Galileo Master 2012.

O papel da U.Porto

A U.Porto foi escolhida como parceiro regional da edição deste ano do ESNC, através da Universidade do Porto Inovação (UPIN), que fez a gestão das candidaturas, e do UPTEC. Maria Luísa Bastos, professora da Faculdade de Ciências (FCUP) e diretora do Observatório Astronómico Prof. Manuel de Barros presidiu ao júri do concurso, que contou ainda com a participação de José Alberto Gonçalves (FCUP), Manuel José Reis (Nibble – Engenharia Lda) e Vergílio Mendes (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa).

Além do primeiro prémio, dois projetos participantes na fase regional portuguesa também foram premiados a nível europeu na categoria “Special prize Winners”, com os projetos “3SOUND Navigation” de Rafael Olmedo da GSA, e “Access ON” de Luís Gomes e Filipe Sousa, do University Challenge.

O ESNC 2012 contou com um número recorde de mais de 400 candidaturas de cerca de 40 países. O valor total dos prémios atribuídos ascende ao milhão de euros.