INESC TEC e EDP reforçam colaboração no domínio dos sistemas de energia

Contrato-programa, válido para os próximos cinco anos, foi assinado esta sexta-feira, no INESC TEC. (Foto: INESC TEC)

Maximizar a produção de eletricidade com origem em fontes renováveis, desenvolver redes elétricas inteligentes, ampliar a integração de veículos elétricos nas redes elétricas, explorar a flexibilidade da procura e estudar a regulação e o funcionamento de mercados de eletricidade – são alguns dos objetivos, para os próximos cinco anos, da parceria de I&D que o INESC TEC e o Grupo EDP assinaram esta sexta-feira, 24 de maio.

“Ao longo dos próximos cinco anos o grupo EDP vai contar com o INESC TEC como parceiro nacional de I&D para promover atividades de investigação, desenvolvimento científico, transferência de tecnologia e formação avançada em áreas emergentes, mas essenciais para o setor elétrico. O contrato celebrado trata-se, pois, de um claro investimento em I&D que muito importa a Portugal”, explica João Peças Lopes, diretor associado do INESC TEC e professor catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

O contrato-programa prevê que as empresas do Grupo EDP possam pagar ao INESC TEC um montante anual máximo até 250 mil euros por contratualização de serviços de consultoria avançada, investigação e desenvolvimento e formação.

“A colaboração agora renovada entre o grupo EDP e o INESC TEC é essencial para alinhar a estratégia corporativa com os avanços na investigação científica e no desenvolvimento tecnológico, nos domínios da engenharia eletrotécnica, de computadores e das ciências da computação. A assinatura deste contrato-programa é um sinal inequívoco da nossa determinação em firmar parcerias com instituições portuguesas de referência na área da I&D aplicada e é o reconhecer do trabalho desenvolvido em conjunto desde 2014”, afirma João Marques da Cruz, administrador da EDP.

Este contrato-programa inclui mais áreas para além da dos sistemas de energia, sobre as quais o INESC TEC detém conhecimento e a EDP interesse, tais como: cibersegurança, engenharia de software, business analytics, data mining, ciências matemáticas, arquiteturas, tecnologias e soluções de comunicações na área das smart grids, inspeção e monitorização de infraestruturas com recurso a veículos autónomos, jogos sérios, desenvolvimento de sensores, entre outras.

A colaboração entre as duas instituições tem uma história com mais de 20 anos. Exemplo desta parceria foi o projeto InovGrid / INOVCity, desenvolvido na cidade de Évora, onde foi desenvolvida e testada uma plataforma de contagem inteligente de energia elétrica, envolvendo a instalação de vários milhares de contadores inteligentes, associada a um projeto seminal de rede elétrica inteligente. Para este projeto, liderado pela EDP e que contou com a participação de várias empresas portuguesas, foi o INESC TEC quem definiu os modelos de referência e especificações técnicas.

Estiveram presentes na assinatura do contrato-programa o Conselho de Administração do INESC TEC, membros do Conselho de Administração Executiva da EDP, da EDP Distribuição e da EDP Labelec.