História da Escola Soares dos Reis contada em livro

Livro revisita a história da Escola de Soares dos Reis durante o Estado Novo. (Foto: ESSR)

A U.Porto Editorial lança no próximo dia 31 de janeiro o livro “Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis – O Ensino Técnico Artístico no Porto durante o Estado Novo (1948-1973)”, uma obra da autoria de Francisco Perfeito Caetano e que apresenta uma análise detalhada do ensino técnico artístico, particularmen­te no “modo de fazer” na Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis, no Porto.

Partindo do estudo geral sobre o ensino técnico durante o Estado Novo, o autor analisa a construção da escola ao longo dos tempos enquanto espaço de formação de artistas, salientando o seu valor institucional no contexto portuense, entre os anos 40 e 70 do século XX, e o seu contributo para o desenvolvimento económico, social e cultural da região. Fala-se ainda da identidade da escola e do significado que esta adquiriu a nível nacional e internacional, procurando compreender os quotidianos de muitos dos seus alunos, os elos de ligação que criou com a população e o poder de atração que exerceu para lá das fronteiras da cidade.

Neste livro, a Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis – atual Escola Secundária Artística de Soares dos Reis – surge apresentada como um espaço de formação de excelência reconhecida, que transformou o aluno na figura central, expondo-o a uma “discursividade pedagógica sobre as artes” que o tornava diferente e singular nos espaços de destino – social, económico, artístico.

Francisco Perfeito Caetano nasceu em Safara, Moura, em 1953. Licenciou-se em ensino de educação visual e tecnológica pela Escola Superior de Educação de Lisboa. Obteve o grau de mestre em história e educação na Faculdade de Letras da U.Porto. É doutorando em história na mesma faculdade e investigador do Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória» (CITCEM), da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP). A sua principal área de investiga­ção é a do ensino das artes nas suas diferentes valências.

A apresentação do livro estará a cargo de Luís Alberto Marques Alves, professor da FLUP. A sessão tem lugar pelas 18h30, na Fnac de Santa Catarina, no Porto.