A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) será palco, nos próximos dias 29 e 30 de setembro, do 5.º Meetup Digital Health Portugal (DHP), subordinado ao tema “Novos tempos, novas prioridades PRR”, e do IV Forum [email protected] (Hiberiae Societas Telemedicinae et Telesanitas). Estes dois eventos irão decorrer em paralelo com o 4.º Simpósio da Rede de Escolas Médicas de Língua Portuguesa – CODEM-LP.

O 5.º Meetup Digital Health Portugal (DHP) visa “a aproximação da academia ao contexto empresarial e de mercado, permitindo uma discussão e reflexão entre os diferentes agentes da área da Saúde e, em particular, da Saúde Digital”.

A cerimónia de abertura está marcada para as 9h00 do dia 29 de setembro, e deverá contar com as presenças do diretor da FMUP, Altamiro da Costa Pereira, do diretor do Departamento de Medicina da Comunidade, Informação e Decisão em Saúde (MEDCIDS) da FMUP, João Fonseca, bem como dos cofundadores e responsáveis do DHP, Paulo Nunes de Abreu e Pedro Cid Ferreira. Em foco estará a nova licenciatura da FMUP em Saúde Digital e Medicina de Translação, que se encontra em processo de acreditação pela A3ES.

O programa inclui sessões sobre diferentes temas, nomeadamente o impacto do PRR na inovação em Saúde, a Telemedicina e o modelo da ULS, entre outros. Haverá lugar também ao “Digital Health Boot Camp”, que consistirá em pitchs de empresas com ofertas de produtos e serviços para a saúde e mentoria de empreendedores “shark”, bem como a “Use Cases na Saúde – Dos Conceitos à Implementação” e ao “Digital Health Innovation Campus”, uma área expositiva com empresas “diferenciadoras no mercado Healthtech e Medtch”.

Vão participar nesta iniciativa vários responsáveis e especialistas de diferentes países, nomeadamente de Portugal, Espanha, Roménia, Brasil e Coreia do Sul.  As inscrições estão abertas.

Quanto ao IV Forum [email protected] (Hiberiae Societas Telemedicinae et Telesanitas), irá decorrer nos mesmos dias e no mesmo local, numa coorganização da FMUP e da SITT, associação que visa promover e implementar a telemedicina de forma inovadora para melhorar a qualidade dos cuidados de saúde.

A participação neste evento é aberta a todos os interessados, mediante inscrição gratuita. O programa e mais informações podem ser consultados na página do evento.