FEUP e UPTEC em visita às comunidades de cibersegurança na Holanda

A comitiva portuguesa nesta viagem incluiu docentes e investigadores da FEUP e statups de cibersegurança instaladas no UPTEC.

Durante dois dias de trabalho intenso, especialistas do Porto visitaram e reuniram com os principais protagonistas das comunidade de cibersegurança de Haia e Delft, na Holanda.

Promovida pela Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP), em parceria com o Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) e com a empresa MQM Legal, esta viagem permitiu estabelecer um contacto mais próximo com parceiros europeus com experiência nesta área e pensar em futuras colaborações ao nível de programas de formação avançada na área da cibersegurança e possíveis projetos europeus conjuntos de I&D. Em cima da mesa esteve também a possibilidade de participar em redes internacionais de cibersegurança, apoio de softlanding no Porto e em Haia para startups que atuem nesta área e ainda a mobilidade de staff e estudantes, sem esquecer as possíveis parcerias entre empresas dos dois países.

No dia 20 de maio, a agenda da visita incluiu reuniões na incubadora “The Hague Tech” com as empresas “Spark Idea Factory”, “DutchSec”, “Open Book”, “Hexegic”, “Concentra” e “Workshop Startup Factory”. Este primeiro dia ficou ainda marcado pela reunião com a Direção do Cluster “The Hague Security Delta (HSD)”, que agrega a comunidade de empresas de cibersegurança da região. Foi ainda possível reunir com Gilmar Catarrinho, investigador da Holland Integrity Group, e com Cláudia Pina, juíza da Eurojust.

O dia seguinte foi integralmente dedicado ao fortalecimento de relações com professores e investigadores da Universidade Técnica de Delft (TUDelft) que atuam na área da cibersegurança: destaque para as reuniões exploratórias com Arie van Deursen, diretor do departamento de tecnologia de software, e com os professores Pieter Hartel e Michel van Eeten, ambos responsáveis pelo mestrado de cibersegurança da TUDelft.

Pedro Coelho, coordenador da Unidade de Apoio à Investigação e Inovação, João Pascoal Faria e José Magalhães Cruz, professores do Departamento de Engenharia Informática, e Ricardo Morla, professor do Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, integraram a comitiva da FEUP nesta viagem à Holanda. Clara Gonçalves, diretora executiva do UPTEC, Rui Maranhão Abreu, da startup Dashdash, e Mikel Uriarte, da empresa S21SEC, juntaram-se ao grupo de trabalho, que foi acompanhado por Marisa Monteiro Borsboom, da MQM Legal, especialista em questões legais e de gestão de privacidade e cibersegurança.