YES Meeting 2014 traz líderes científicos à FMUP

Yes MEeeting 2012

Edição 2014 do Yes Meeting vai trazer à FMUP mais de 300 jovens cientistas dos quatro cantos do Mundo. (Foto: Arquivo)

Carlos Caldas (Cambridge Institute), John Kheir (Harvard University) e Sophie Wuerger (Liverpool University) são três dos vários investigadores de renome, líderes nas suas áreas científicas, que já confirmaram a sua participação na nona edição do Young European Scientist Meeting (YES Meeting), que decorrerá entre os dias 18 e 21 de setembro, na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP). 

Totalmente organizado por estudantes da FMUP, o YES Meeting é um evento científico internacional, destinado a estudantes das áreas biomédicas, e que reúne anualmente mais de 300 jovens cientistas dos quatro cantos do Mundo, na cidade do Porto. 

Este ano, o evento inclui cinco sessões dedicadas aos temas das Neurociências, Medicina Interna, Saúde Mental, Oncologia e Cirurgia, para além de incluir cerca de 15 workshops sobre temas tão diversos como Sexologia, Radiologia de Intervenção, Pequena Cirurgia ou Cuidados Intensivos, que visam “complementar a formação biomédica dos participantes”, explica a organização do evento. 

Carlos Caldas é um dos cientistas mais aguardados. Está previsto que o cientista português, senior researcher no Reino Unido, intervenha na sessão sobre Oncologia para falar sobre um dos seus mais recentes trabalhos que “traz a possibilidade de monitorizar a resposta ao tratamento do cancro da mama, através de uma simples análise ao sangue, evitando assim o uso da biópsia, que constitui uma técnica invasiva”. 

A participação de John Kheir é também motivo de grande expectativa. O investigador de Harvard e clínico do Hospital Pediátrico de Boston “criou recentemente um sistema de administração de oxigénio diretamente de forma intravenosa”, a partir de micropartículas, que se apresenta como uma inovação científica de grande relevo, tendo em conta o potencial em termos de melhoria dos cuidados de saúde. 

Já a intervenção de Sophie Wuerger, cientista da Universidade de Liverpool, vai incidir sobre “a produção de pele sintética a partir de uma impressora 3D, compatível com a idade, género e etnia do indivíduo”. Esta pode ser uma inovação revolucionária na área da regeneração de tecidos e órgãos disfuncionais. 

É de salientar ainda a presença de Duarte Nuno Vieira, distinguido este ano com o Douglas Lucas Medal 2014, o mais prestigiado prémio na área da Medicina Legal e Ciências Forenses a nível mundial que contará um pouco da sua investigação. 

A sessão especial desta edição centra-se na Saúde Mental, abordando o tema da esquizofrenia, e contará com dois grandes nomes da área: Michael Bloomfield, do Imperial College of London, que apresentará um modelo sociodesenvolvimental e cognitivo da doença e ainda com a presença irreplicável de Rachel Waddingham, uma autoproclamada “sobrevivente” da doença que gere em Londres o inovador projecto Hearing Voices

O YES Meeting inclui ainda uma forte vertente de apresentação e premiação de trabalhos de investigação levados a cabo por jovens investigadores nas áreas da Fisiologia & Imunologia, Neurociências, Oncologia & Biologia Molecular, Medicina Interna e Cirurgia. 

“É ainda de salientar o programa social que abrange, entre outras coisas, a visita a locais emblemáticos da cidade do Porto e um jantar semi-formal que finaliza o congresso”, acrescenta a comissão organizadora. 

Mais informações e inscrições em http://yesmeeting.org.