Universidade do Porto celebra 104 anos de vida

18

A Sessão solene do Dia da Universidade do Porto terá lugar no Salão Nobre da U.Porto e pode ser seguida online.

A Universidade do Porto comemora 104 anos a 22 de março. A sessão solene comemorativa do Dia da Universidade 2015 será às 15 horas da próxima quarta-feira, dia 25 de março, no Salão Nobre da Universidade do Porto (Praça Gomes Teixeira, aos Clérigos) e terá como orador convidado Jorge Wagensberg, um dos maiores divulgadores de ciência em Espanha e o primeiro Diretor do Museu Hermitage-Barcelona, que vem ao Porto abordar o tema “The Intellectual Joy and the Scientific Method”.

Esta sessão marca também o primeiro Dia da Universidade de Sebastião Feyo de Azevedo, que vai aproveitar este momento para fazer o balanço dos primeiros nove meses como Reitor e uma antevisão das futuras prioridades da instituição. A intervenção de abertura estará a cargo do Presidente do Conselho Geral da U.Porto, Alfredo de Sousa.

Os estudantes e alumni da U.Porto terão também espaço nesta sessão, através a participação de Gustavo Carona, um médico sem fronteiras que já trabalhou em várias zonas de conflitos como o Afeganistão e a Síria, e do Presidente da Federação Académica do Porto, Daniel Freitas. A cerimónia terá, ainda, as intervenções de Adriano Bordalo e Sá, representante da Comissão de Trabalhadores da Universidade, e de Carlos Tavares, Presidente da CMVM e membro do Conselho de Curadores.

O Dia da Universidade será também o momento para a entrega de várias distinções da U.Porto como o Prémio de Excelência Pedagógica, que destaca o melhor projeto de inovação e qualidade pedagógica dos professores da Universidade, e do título de Professor Emérito, um reconhecimento do contributo que vários professores jubilados e reformados continuam a prestar à Universidade. Este ano, quatro professores serão proclamados eméritos: o antigo diretor da FEUP, Carlos Costa, o antigo Reitor da U.Porto, José Carlos Marques dos Santos, o antigo secretário de estado, Eduardo Oliveira Fernandes, e António Quadros Ferreira.

Para além desta proclamação, o Reitor vai entregar a Medalha de Mérito da Universidade do Porto a Zeferino Ferreira da Costa, pelo importante papel que este teve no arranque das relações de cooperação entre a U.Porto e algumas universidades brasileiras.

Esta é também uma ocasião para a U.Porto premiar os estudantes que se distinguiram pela sua participação em atividades de cidadania (Prémio Cidadania Ativa) e aqueles que foram considerados os melhores estudantes do primeiro ano de cada faculdade (Prémio Incentivo).

A cerimónia tem início às 15h00 e pode ser acompanhada em direto por toda a comunidade académica através da transmissão via streaming que estará disponível no Portal de Notícias da U.Porto.

Apesar das suas origens remontarem ao século XVIII, a U.Porto foi fundada oficialmente como universidade a 22 de março de 1911. Atualmente, com 14 faculdades, 1 business school, 51 unidades de investigação, 32 mil estudantes, 2500 docentes e investigadores, a U.Porto afirma-se cada vez mais como uma das 150 melhores universidades da Europa.