Startup do UPTEC vai criar comunidade de especialistas em TI no Brasil

A Skilleo é plataforma web que permite às empresas encontrarem os seus futuros colaboradores.

A Skilleo é uma plataforma web que permite às empresas encontrarem os seus futuros colaboradores.

A Skilleo, startup incubada no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) e uma das vencedoras do programa de aceleração de startups Lisbon Challenge Spring 2014, iniciou um processo de internacionalização para o mercado brasileiro. Depois de provas dadas com empresas na Europa, a startup portuguesa avançou agora para o recrutamento de especialistas em Tecnologias de Informação no Brasil.

Desde o início de 2014, a Skilleo dá a oportunidade a que especialistas da área das Tecnologias de Informação possam demonstrar o seu conhecimento técnico, através de desafios online de programação (Code Challenges) e desta forma, competirem entre programadores de países como os EUA, a Inglaterra, a Índia e o Brasil. Ao mesmo tempo, permite que as empresas que procuram especialistas em TI encontrem potenciais candidatos, com conhecimento técnico já comprovado e validado, poupando tempo e aumentando a precisão de resultados na procura de potenciais candidatos.

Desde de setembro de 2014, mais de 14 mil especialistas em TI brasileiros já demonstraram interesse na Skilleo. Esse interesse deu origem ao processo de criação da maior comunidade de tecnologia neste país como informa a Skilleo no site local.

A startup aposta no Brasil por ser um mercado emergente, possuir mais de meio milhão de especialistas em TI e ser um país de interesse para empresas multinacionais como a Google ou o LinkedIn que se procuram estabelecer no Brasil e contratarem mão-de-obra brasileira (segundo o LinkedIn, o Brasil é o seu 3.º maior mercado). Para além dos fatores enunciados anteriormente, os especialistas em TI brasileiros têm excelente know-how técnico, e o Brasil é visto como uma “porta de entrada” para a América do Sul, existe uma facilidade linguística entre Portugal e Brasil e, segundo o English Proficiency Index, o Brasil assume posições inferiores no ranking de compreensão, escrita e fala em inglês. A Skilleo vai então passar os seus conteúdos de inglês para português, visto que a língua inglesa é o principal fator para tão poucos especialistas em TI brasileiros participarem noutras comunidades de tecnologia em mercados como os dos EUA ou Reino Unido.

Para além do Brasil, empresas localizadas no Reino Unido, Dinamarca, Malta e Alemanha já usam o Skilleo, por interesse em contratar especialistas de TI portugueses, devido ao seu know-how e facilidade linguística em compreender inglês.