Serviços de Ação Social têm nova diretora e novas prioridades

CristinaJacinto-300_200

Cristina Jacinto é a nova diretora dos Serviços de Ação Social da Universidade do Porto.

Cristina Jacinto é, desde 1 de setembro de 2014, a nova diretora dos Serviços de Ação Social da Universidade do Porto (SASUP). A antiga Subdiretora Geral da Direção-Geral do Ensino Superior (2007-2012) e Diretora de Serviços da Universidade de Lisboa (2012-14) sucede no cargo a João Carvalho, que liderou os SASUP nos últimos 30 anos.

Licenciada em História, Mestre em Economia e Gestão de Ciência e Tecnologia e com diploma em Estudos Avançados em Estatística e Gestão da Informação, Ana Cristina Jacinto Silva tem todo o seu percurso profissional ligado à gestão do Ensino Superior, com passagens pelo Fundo de Apoio ao Estudante do Ministério da Educação e pela Direção dos Serviços de Ação Social da DGES.

Com uma nova liderança, abre-se necessariamente um novo ciclo nos Serviços de Ação Social da Universidade do Porto, que terá como principal marca, de acordo com a  própria Cristina Jacinto, «retribuir a escolha preferencial que os 32 mil estudantes da U.Porto fizeram pela instituição».

As novas prioridades dos SASUP estão já bem definidas pela sua nova diretora: «aproximar os serviços à comunidade académica, aumentar a capacidade de alojamento aos estudantes e abrir a ação social da Universidade à cidade, de forma a garantir um melhor acolhimento dos nossos estudantes».

O primeiro sinal desta nova estratégia foi sentido já durante a semana de matrículas dos estudantes de primeiro ano, durante a qual os SASUP mantiveram bancas de atendimento para bolsas de estudo nas faculdades com maior número de estudantes, numa ação que se pretende replicar e alargar aos restantes serviços dos SASUP.

A interação com a cidade e suas instituições será também a pedra de toque da estratégia de criação de novas residências estudantis que, ao invés de grandes projetos de nova construção, assentará na colaboração com os projetos de reabilitação urbana do centro da cidade levados a cabo pela Câmara Municipal do Porto e outras entidades.

As novas prioridades dos Serviços de Ação Social vão, de resto, ao encontro do compromisso assumido pelo Reitor Sebastião Feyo de Azevedo durante a sua tomada de posse, em julho último, em «alargar e qualificar a dimensão social do apoio aos estudantes».

Um compromisso reiterado durante a sessão de receção aos novos estudantes da U.Porto, que decorreu na semana passada, no Pavilhão Rosa Mota, e que teve como primeiro sinal a nomeação de Manuel Fontes de Carvalho como o primeiro Pró-Reitor da Universidade do Porto com o pelouro das Relações estudantis, dimensão social do apoio aos estudantes e empregabilidade.