Professores da U.Porto premiados por estudo sobre infertilidade masculina

O trabalho premiado visou estudar os mecanismos que auxiliam problemas relacionados com a infertilidade masculina. (Foto: DR)

Mário Sousa e Rosália Sá, ambos professores do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto, e Alberto Barros, da Faculdade de Medicina (FMUP), foram recentemente distinguidos com um “AJA Outstanding Paper Award”, galardão que reconhece os melhores artigos  publicados no prestigiado Asian Journal of Andrology (AJA).

O estudo premiado, que contou também com a participação de Rute Pereira, estudante de doutoramento no Laboratório de Biologia Celular do ICBAS,, tem como base a investigação de mecanismos que auxiliem problemas relacionados com a infertilidade masculina.

De acordo com a equipa de investigação, existem várias causas para esta doença, das quais algumas podem ser evitadas e corrigidas. Outras, porém, poderão estar relacionadas com defeitos genéticos, devendo assim ser investigadas de forma a dar um diagnóstico mais aprofundado ao paciente.

Através deste trabalho, pretendeu-se oferecer aos pares da área científica uma visão mais organizada e abrangente da regulação da motilidade dos espermatozóides, o que serve de base para estruturar melhor e mais facilmente futuros trabalhos de investigação  na área da infertilidade masculina.

Desta forma, os investigadores acreditam que com a realização de cada vez mais estudos direcionados para esta área, será mais fácil o desenvolvimento futuro de técnicas e terapias que cooperem na resolução deste tipo de problemas.

O “AJA Outstanding Paper Award” foi criado em 2016 e premeia os 20 artigos com maior qualidade e impacto, publicados no AJA. A edição 2018 foi entregue no passado dia 28 de dezembro.