Observação do Eclipse do Sol no Planetário do Porto

Simulação do Eclipse Parcial do Sol de 3 de novembro. (Foto: Filipe Pires, CAUP)

Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) organiza este domingo, dia 3 de novembro, a partir das 11h00, no Planetário do Porto, uma sessão de observação com telescópios do Eclipse Parcial do Sol.

Um eclipse do Sol ocorre quando a Lua Nova ocorre num ponto em que a órbita do nosso satélite cruza o plano do Sistema Solar. Nessas ocasiões, Sol, Lua e Terra ficam perfeitamente alinhados, com a Lua a tapar a luz do Sol. A faixa da totalidade de um eclipse representa a zona à superfície da Terra por onde passa a sombra da Lua. Fora dessa fina faixa, o eclipse é observado como parcial.

Mas como a Lua não está sempre à mesma distância da Terra, o tamanho aparente do nosso satélite varia ligeiramente. Por essa razão, quando os eclipses ocorrem em alturas em que a Lua está mais próxima da Terra, origina um Eclipse Total, mas quando está mais longe, não consegue tapar completamente o disco solar, dando origem a um eclipse anular.

Apesar de ser visto apenas como parcial em Portugal, este eclipse tem a particularidade de ser um raro eclipse híbrido, isto é, dependendo do local do mundo onde se observa, pode ser um eclipse total ou anular. Isto ocorre devido à curvatura da Terra.

Quem quiser usufruir deste fenómeno na companhia do CAUP pode fazê-lo “ao sabor” de uma Francesinha Especial Eclipse, que estárá disponível no bar do Planetário do Porto por 4 euros, com bebida incluída e oferta do café.