Morreu Carl Djerassi

Carl Djerassi no dia em que foi agraciado com o título de Doutor Honoris Causa.

Carl Djerassi no dia em que foi agraciado com o título de Doutor Honoris Causa.

O reputado químico norte-americano Carl Djerassi faleceu durante a noite de 30 de janeiro, aos 91 anos. Conhecido como um dos criadores da pílula contracetiva, Carl Djerassi foi distinguido, em 2011, com o título de Doutor Honoris Causa da Universidade do Porto.

Na altura, por proposta da Faculdade de Ciências, a U.Porto decidiu assinalar uma carreira ímpar do cientista, dramaturgo e romancista. O cientista publicou ainda dois livros com a chancela da U.Porto edições. Em 2006, esteve na Universidade a promover a sua peça teatral, Oxigénio, cuja versão portuguesa foi publicada pela U.Porto. Já em 2011, quando recebeu o título de Doutor Honoris Causa lançou também a obra Falácia e viu a companhia de teatro Seiva Trupe interpretá-la no Teatro Campo Alegre.

Nascido em Viena mas educado nos Estados Unidos da América, Carl Djerassi era Professor Emérito de Química da Universidade de Stanford (EUA). Ao longo da sua carreira, Djerassi assinou mais de 1200 publicações científicas para além de dezenas de romances, peças teatrais, novelas, poemas ou contos. O químico norte-americano foi aliás um dos raros cientistas que foi simultaneamente galardoado com a National Medal of Science (em 1973, pela primeira síntese de um contracetivo oral, a “pílula”) e a National Medal of Technology (em 1991, por ter desenvolvido novas estratégias para o controle do insetos).