INESC TEC celebra impacto da tecnologia na música em documentário

O projeto Digitópia é um dos temas abordados no documentário

O projeto Digitópia é um dos temas abordados no documentário “Música e tecnologia: os sons da frente”

“Música e tecnologia: os sons da frente” é o nome do primeiro documentário temático que o INESC TEC vai exibir em exclusivo já na próxima 2ª feira, dia 19, no website 30anos.inesctec.pt. Posteriormente irá para o ar na RTP 3, no dia 24 de outubro às 16h45, com repetição posterior em outros horários e canais.

O documentário parte da investigação que o INESC TEC realiza na área da tecnologia musical, focando diversos projetos de sucesso e com impacto na sociedade. É o caso, por exemplo, do projeto “Digitópia – Plataforma para o Desenvolvimento de Comunidades de Criação Musical em Computador”, desenvolvido por consórcio que integra a Casa da Música, INESC TEC, Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo (ESMAE) e Universidade Católica Portuguesa (UCP).

Geração automática de música, processamento áudio e robótica musical são outros temas tratados no documentário que contam com testemunhos da Casa da Música, Orquestra Jazz Matosinhos e Universidade Católica.

“Música e tecnologia: os sons da frente” é também o ponto de partida para o concerto “a.bel – nova música interativa”, integrado nas comemorações dos 30 anos do INESC no Porto, montado numa parceria INESC TEC e Casa da Música, que decorre no dia 26 de outubro, na Sala Suggia da Casa da Música, pelas 21h30.

Este é o primeiro episódio de uma série de documentários temáticos, com duração de cerca de 10 minutos, produzidos no âmbito da comemoração dos 30 anos do INESC no Porto. “Por mares nunca de antes navegados”, “Calçado português: o caminho faz-se andando” ou “À velocidade da Luz” são alguns dos próximos episódios que serão exibidos com periodicidade semanal.

O objetivo destes documentários é mostrar ao público em geral o impacto económico e social do INESC TEC na sociedade e nas empresas.