Primeiro-ministro inaugura “novo” Centro de Simulação Biomédica da FMUP

Mostra da U.Porto 2014 | simulação de parto

Espaço de 300 m2 está totalmente equipado para o treino prático dos futuros médicos em diferentes situações clínicas. (Foto: Arquivo U.Porto)

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, vai estar esta terça-feira, dia 3 de março, na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) para inaugurar as novas instalações do Centro de Simulação Biomédica da FMUP.

O novo CSB da FMUP é um espaço de 300 m2 dividido em salas de habilidades clínicas, consultórios de comunicação clínica, salas de simulação avançada, sala de debriefing e uma sala que mimetiza um espaço doméstico para o treino de situações de emergência no domicílio. Os robots de simulação são uma das suas mais-valias.

Neste momento, o Centro dispõe de dois simuladores avançados, sendo um deles único no país. Estes simuladores permitem o treino de inúmeros cenários de emergência nas áreas de anestesia, cuidados intensivos e obstetrícia. Mimetizando os sinais vitais e físicos de um paciente real, estes equipamentos de simulação avançada permitem várias intervenções terapêuticas como a entubação, desfibrilhação, entre outras.

O simulador obstétrico – desenvolvido por docentes da FMUP e investigadores do Instituto de Engenharia Biomédica (INEB), comercializado pela CAE Healthcare e disponível em mais de 100 instituições internacionais! – possibilita o treino de dez situações de emergência obstétrica, algumas raras, num ambiente extremamente realista. Desde o parto normal ao pélvico, à simulação da distocia de ombros  e a aplicação de fórceps e ventosa, este simulador, através de modelos fisiológicos, controla os sinais vitais da mãe e do feto, oferecendo até uma previsão do índice de APGAR mediante a atuação da equipa de partos.

O CSB dispõe ainda de outros simuladores obstétricos menos sofisticados e de um simulador neonatal, para treino da reanimação de recém-nascidos, além de inúmeros modelos para o treino de habilidades técnicas (por exemplo, manobras de suporte básico de vida, entubação, toque vaginal, algaliação, entre outras).

A isto somam-se software de ponta e uma régie para monitorização, gravação e visualização das atividades de simulação que decorrem nos diversos espaços do Centro.

Recorde-se que a FMUP foi a primeira Escola Médica portuguesa a constituir um Centro de Simulação Biomédica (2003). Nos quase 12 anos de existência, o CSB da FMUP já treinou mais de 3.200 estudantes de medicina e 1.200 profissionais de saúde em diferentes áreas: ginecologia e obstetrícia, neonatologia e pediatria, anestesiologia e cuidados intensivos, trauma, farmacologia, medicina dentária, simulação clínica, entre outros.

A cerimónia de inauguração, apontada para as 11h20 nas recém-finalizadas instalações do CSB, no piso 6 do edifício partilhado pela FMUP e pelo Hospital de São João, contará com intervenções do reitor da Universidade do Porto, Sebastião Feyo de Azevedo, da diretora da FMUP, Maria Amélia Ferreira, e de um dos membros fundadores e primeiro diretor do Centro, João Bernardes, atual diretor do Departamento Obstetrícia e Ginecologia da FMUP. Para além de uma breve apresentação do Centro, está prevista a simulação de um parto normal e de uma emergência anestésica.

Sobre a simulação biomédica

A simulação biomédica é um instrumento de ensino que possibilita o treino e avaliação de diferentes competências (técnicas e comportamentais) de forma transversal e integrada ao longo da educação em saúde. Cenários mimetizando casos clínicos (incluindo situações de emergência) são reproduzidos proporcionando experiências ativas e sistemáticas de aprendizagem. Assim, estudantes de Medicina e de Enfermagem, médicos internos e especialistas e equipas de saúde podem treinar diferentes tipos de competências clínicas de forma eficaz e segura. Podem ainda melhorar as suas competências de comunicação e comportamento em equipa, bem como testar os seus limites ao stresse.