Faculdade de Engenharia reforça cooperação com o meio industrial

(foto: D.R.)

Da esq. para a dir.: João Falcão e Cunha e Tiago Brito e Faro (Foto: D.R.)

A Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e a empresa Adira Metalforming Solutions, empresa líder global na produção e fornecimento de máquinas e ferramentas de metal, assinaram recentemente um protocolo para reforçar a cooperação entre as duas instituições. Desenvolver o espírito de inovação e reforçar a ideia de “colaborar para competir” e dessa forma encontrar respostas concretas aos desafios colocados pela indústria são os principais objetivos desta parceria.

Tendo como principais tópicos orientadores a competição a uma escala global, a evolução a velocidade cruzeiro, a direção induzida pela “Internet das coisas” às tecnologias e outras temáticas da “Indústria 4.0”, esta parceria eforça o compromisso de as empresas  estarem cada vez mais próximas das instituições onde a investigação e os processos de inovação acontecem diariamente:  enquanto a Indústria contribui com o conhecimento do mercado e da sociedade, as Instituição de Conhecimento contribui com recursos altamente qualificados.

Tiago Brito e Faro, CTO (Chief Technology Officer) da Adira, reforça que a FEUP e a Adira colaboram há muito tempo em projetos bem sucedidos no mercado:  “Esta colaboração não é nova. Na verdade, ela existe já há décadas. Alguns dos grandes marcos atingidos pela Adira em muito se devem à colaboração com a FEUP – uma das melhores escolas de engenharia do mundo de acordo com o recentemente publicado QS World Universities Ranking. Uma fórmula vencedora que comprova que 1+1 é igual a 3!”, refere.

João Falcão e Cunha, Diretor da FEUP, enfatiza por seu lado a importância da união entre a indústria e o mundo académico: “todos temos a ganhar com a realização de projetos conjuntos de investigação envolvendo problemas que as empresas enfrentam e que reconhecem como relevantes para a sua atividade futura. As diferentes perspetivas potenciam a criação de conhecimento que venha a ser valorizado do ponto de vista económico e social”.

A gestão do protocolo é da responsabilidade de António Torres Marques, professor catedrático do Departamento de Engenharia Mecânica da FEUP, e o mesmo foi assinado no passado dia 29 de janeiro, na FEUP.