Estudantes da U.Porto querem levar os produtos da Madeira a todo o mundo

Estudantes madeirenses querem estimular a exportação de produtos regionais e contribuir para o crescimento económico da região.

A CEMa – Central de Exportações da Madeira é um projeto de negócios criado por estudantes que pretende ser “responsável pela exportação de produtos regionais para as principais comunidades madeirenses, espalhadas pelo Mundo”. Quem o afirma é Ana Catarina Pinto, estudante do 4.º ano da Licenciatura em Ciências da Nutrição da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP) e uma das criadoras do projeto inovador que venceu o Concurso de Empreendedorismo do rs4e – road show for entrepreneurship.

Ana Catarina Pinto acredita que a ideia tem condições para ser rentável porque dá resposta a uma “necessidade real do mercado regional”, através da criação de “uma ponte comercial” com as comunidades de emigrantes madeirenses. Trata-se por isso de uma aposta no “mercado da saudade” e que pode contribuir para o “crescimento económico” do arquipélago da Madeira.

Ana Catarina Pinto, estudante da FCNAUP, é uma das mentoras do projeto.

A ideia de negócio surgiu no âmbito da iniciativa rs4e – road show for entrepreneurship, promovida pelo Governo Regional da Madeira e pelo ceim – centro de empresas e inovação da região. O grupo realizou o Curso Intensivo em Empreendedorismo e Inovação Empresarial e venceu o Concurso de Empreendedorismo que reuniu as melhores ideias geradas durante o curso. O prémio conquistado pelos estudantes consiste numa viagem empresarial a Londres, que  permitirá o intercâmbio com empreendedores regionais e internacionais e, quem sabe, arranjar novos apoios para o desenvolvimento do projeto.

A equipa que desenvolveu a CEMa conta ainda com a participação de Liliana Sousa, licenciada em Matemática pela Faculdade de Ciências da U.Porto (FCUP). De resto, o grupo é multidisciplinar e reúne estudantes de áreas tão distintas como Ciências da Nutrição, Gestão, Matemática, Psicologia e Serviço Social, todos eles naturais da ilha da Madeira.