Estudante da U.Porto brilha em conferência sobre cibersegurança

Uma inciativa conjunta

Trabalho de André Pereira prova a vulnerabilidade da utilização do USB no telemóvel em espaços públicos.

André Pereira, estudante de mestrado em Ciência de Computadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), foi um dos participantes em destaque na conferência internacional sobre cibersegurança “Black Hat” que decorreu a semana passada na cidade de Amesterdão.

O estudante da U.Porto foi à capital holandesa apresentar o artigo “Charge Your Device With the latest Malware“, que prova a vulnerabilidade da utilização do USB  no telemóvel em espaços públicos

André Pereira está ligado ao Centro de Competências em Cibersegurança e Privacidade (C3P) da Universidade do Porto que nasceu no final do ano passado  e que tem trabalhado com a Comissão Nacional de Protecção de Dados para sensibilizar os portugueses para os cuidados a ter para evitar ataques informáticos.

Para além do estudante português, centenas de especialistas internacionais participaram nesta conferência que é considerada a mais importante da área da cibersegurança e que nasceu nos Estados Unidos da América, em 1997.