Conselho Geral tem novo membro cooptado

cristinagra_300x200

Cristina Grande é o mais recente membro do Conselho Geral da Universidade do Porto.

Cristina Grande é a mais recente membro do Conselho Geral da Universidade do Porto. A coordenadora do Serviço de Artes Performativas da Fundação de Serralves substitui, a partir de 15 de julho, a antiga Ministra do Trabalho e da Solidariedade Social, Helena André, como um dos seis membros cooptados do Conselho Geral.

Licenciada em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Cristina Grande é a responsável pelo Serviço de Artes Performativas de Serralves desde 1990, tendo a seu cargo a coorganização das atividades culturais paralelas às exposições e programas do Museu de Arte Contemporânea, nas áreas da Música Experimental, do Cinema e do Vídeo, do Jazz, da Performance e da Dança Contemporânea.

É também, desde 2000, responsável pela programação de Dança Contemporânea e Performance do Auditório do Museu de Arte Contemporânea de Serralves. Deste período destaca a organização da residência artística Mugatxoane a realização do Trama – Festival de Artes Performativas.

Cristina Grande foi ainda responsável pela programação de Dança Contemporânea do Teatro do Campo Alegre, de Setembro 2000 a Julho de 2002. Integrou o observatório crítico do projeto de apoio à criação artística “Jovens Artistas Jovens” e integra, desde Maio de 2010, o comité de peritos dos Fundos Roberto Cimetta para as áreas da Dança e Performance.

Recorde-se que o Conselho Geral é um dos três órgãos máximos de governo da Universidade do Porto, cabendo-lhe definir o desenvolvimento estratégico, bem como a orientação e a supervisão da instituição. Entre as suas competências estão, por exemplo, a eleição do Reitor da U.Porto, bem como a aprovação – sob proposta do Reitor – das linhas gerais de orientação da instituição no plano científico, pedagógico, financeiro e patrimonial.

O Conselho Geral da Universidade do Porto é constituído por 23 membros assim distribuídos: 12 representantes dos docentes e investigadores, quatro dos estudantes e um do pessoal não docente da Universidade, a que se juntam seis personalidades externas à Universidade – Alfredo José de Sousa e Paul Symington (presidente e vice-presidente, respetivamente), Frei Bento Domingues, José Pacheco Pereira, Maria João Vasconcelos e (agora) Cristina Grande.